Ela renasce como versão atualizada da moto que deixou de ser produzida em 2018

Confirmando os boatos de que a Kawasaki estava para resgatar a trail KLR650, a marca japonesa acaba de mostrar nova geração da moto como linha 2022. Para os antigos fãs do modelo que saiu de linha em 2018, a boa notícia é que nova KLR650 é uma cópia modernizada da antecessora. 

klr650
2022 Kawasaki KLR 650, Studio, Brown, 3/4 Front, Right

A Kawasaki foi conservadora na renovação da KLR650 para não perder a essência da moto, ou seja, uma trail utilitária, acessível e sem muita eletrônica - nos moldes da rival Yamaha Ténéré 700. Afinal, como substituir uma moto que é reconhecida pela sua durabilidade e versatilidade se mudar muito a receita? Uma KLR high-tech não teria nada a ver com a proposta original.

Na parte visual, a KLR650 2022 ficou mais moderna com a adoção de um farol de LEDs semelhante ao da Z H2, enquanto as setas foram montadas mais no alto para evitar quebras acidentais em trilhas estreitas. A bolha para-brisa também ficou mais alta para ampliar o conforto, ao passo que as hastes do retrovisores ficaram mais longas para ampliar o campo de visão.

2022 Kawasaki KLR 650, Detail, Headlight

O guidão ficou em posição 10 mm mais elevada e as pedaleiras ficaram 10 mm mais para fora, de modo a tornar a posição de pilotagem mais relaxada. A Kawazaki também optou por colocar protetores de borracha nas pedaleiras para reduzir a vibração sentida pelo piloto. E as proteções de mão agora são item de série desde a versão de entrada. 

A KLR650 2022 mantém o cavernoso tanque de combustível para 27,7 litros da antecessora, porém, com novo formato e carenagem redesenhada para melhorar a acomodação das pernas. O banco segue em peça única, estilo enduro, mas com desenho revisado e suportes de borracha para maior conforto. Também ficou um pouco mais baixo, a 87,1 cm do solo, contra 88,9 cm da geração anterior.

A KLR650 do século 21 estreia um painel de LCD no lugar dos instrumentos analógicos, mas nada de TFT ou cores, por enquanto. Já para suportar acessórios como faróis auxiliares, manoplas aquecidas e tomadas, a Kawasaki aumentou a capacidade do sistema elétrico para 26 amperes. 

O chassi é de aço e agora incorpora um sub-frame desenhado para aumentar a rigidez torcional. A suspensão dianteira usa garfo telescópico tradicional com tubos de 41 mm e 200 mm de curso, enquanto a traseira é monoamortecida com regulagem e 185 mm de curso, pareada a uma balança mais longa para melhorar a estabilidade na estrada. 

No processo de renovação, a KLR acabou ganhando peso: são 206,8 kg na versão sem ABS, contra 196 kg do modelo anterior.  

2022 Kawasaki KLR 650, Detail, Front wheel
2022 Kawasaki KLR 650, Detail, Rear wheel

Como esperado numa trail, a KLR650 2022 usa rodas raiadas aro 21" na dianteira e 17" na traseira, vestidas com pneus de uso misto. Os freios estão mais potentes, com disco de 300 mm na dianteira e 240 mm na traseira. O ABS de 2 canais foi deixado como opcional, para o caso de você querer uma opção mais purista para o off-road. De todo modo, a Kawasaki explica que o sistema desenvolvido em parceria com a Bosch foi projetado para atrasar a entrada do ABS de modo a não ser intrusivo no fora-de-estrada. 

Se você esperava o motor bicilíndrico paralelo da Versys 650, pode esquecer. A KLR mantém o monocilíndrico de 652 cc, apenas com 1 cc a mais que no modelo de 2018. Pelo menos ganhou câmbio de 6 marchas, certo? Errado, ela segue com a transmissão de 5 marchas como a antecessora. Ao menos, o velho carburador foi substituído por uma injeção eletrônica... 

2022 Kawasaki KLR 650, Detail, Engine

São 4 versões da nova Kawasaki KLR650: básica, ABS, Traveler (com top case, porta USB e tomada 12V) e Adventure (com malas laterais, faróis auxiliares e protetor de motor). Os preços vão de US$ 6.699 a US$ 7.999 nos EUA (de R$ 35.906 a R$ 42.870 numa conversão direta).

A Kawasaki foi uma das primeiras marcas a confirmar presença no Salão Duas Rodas 2021, marcado para 16 a 21 novembro em São Paulo. Será a nova KLR650 uma das estrelas da mostra? Embora não tenha vendido a antecessora por aqui, é um segmento bastante disputado no Brasil.

Galeria: Kawasaki KLR 650 2022

Envie seu flagra! flagra@motor1.com