Gerente de produto diz que a fabricante considera a ideia, mas dependerá da demanda dos clientes

Aposentada no Brasil com a chegada da Lander 250, a Yamaha Ténéré ganhou uma nova versão, a Ténéré 700. A maxtrail, que pode vir ao nosso mercado em 2020, não é bem uma moto para fazer off-road pesado. Isso pode mudar em breve, pois a fabricante estuda criar uma variante ADV, com suspensão mais alta e tanque de combustível maior para enfrentar trilhas.

Em uma entrevista ao site italiano Motociclismo, Takushiro Shiraishi, chefe de projeto da Yamaha Ténéré 700 disse que a fabricante considera fazer uma versão ADV da moto, mas isso dependerá de uma demanda por partes dos clientes da marca. Ele ainda disse que algumas pessoas dentro da empresa já acreditam que terá um bom apelo para o segmento.

Considerando que a Ténéré 700 já lidera as vendas de seu segmento em alguns mercados, ter uma versão mais leve, ágil e capaz para o off-road faria sentido. É estranho que já não exista uma demanda dos fãs da marca para uma versão mais aventureira da maxtrail.

Galeria: Yamaha XTZ 700 Ténéré (Salão de Milão)

Sabemos que isso ainda é um pouco vago e nebuloso no momento, porém é bom saber que a Yamaha está discutindo a possibilidade de ampliar a oferta da moto. O principal é que a equipe de desenvolvimento não descartou a ideia, o que dá um pouco de esperança. E faria sentido, já que a Ténéré 700 está superando a BMW GS 1250 em alguns mercados, então uma versão aventureira poderia fazer frente à GS 1250 Adventure.

Como a Yamaha Ténéré 700 ainda não chegou ao Brasil, só podemos especular se a versão aventureira venderia bem por aqui. Considerando que a Lander 250, que substituiu a Ténéré 250, tem tido bons resultados, há espaço para um modelo acima e com uma pitada a mais de capacidade off-road.

Fonte: Motociclismo