SUV compacto fabricado em São José dos Pinhais (PR) atinge marca em menos de dois anos após o lançamento

Nas concessionárias de todo o país desde fevereiro de 2019, o Volkswagen T-Cross alcançou a marca de 100 mil unidades produzidas na fábrica em São José dos Pinhais (PR). O crossover compacto alcançou a liderança do mercado em julho e, atualmente, é o segundo modelo mais vendido da fabricante no país, perdendo somente para o Gol, e é o líder do segmento no país.

"Mantemos a liderança no segmento com o T-Cross no acumulado do ano de 2020. Recentemente lançamos o ano modelo 2021, com ainda mais tecnologia e conectividade, e este sucesso comprova que acertamos na estratégia ao desenvolver um produto para atender as necessidades do consumidor da América Latina", afirma Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

Galeria: VW T-Cross 2021

Para produzir o T-Cross no Brasil, a Volkswagen investiu R$ 1,4 bilhão na fábrica em São José dos Pinhais (PR), modificando a planta para produzir a plataforma MQB-A0, além de mexer nas áreas de estamparia, armação, pintura e montagem final. Estas áreas receberam novas ferramentos e tecnologias, para aumentar a flexibilidade e eficiência na produção.

O T-Cross passou por mudanças na linha 2021, recebendo a central multimídia VW Play desenvolvida no Brasil e que fez a estreia no Nivus. Outra alteração foi a redução na quantidade de opcionais, o que fez com que o número de combinações possíveis caísse de 30 para apenas 12 configurações. Segue oferecido com o motor 1.0 TSI de 128 cv e 20,4 kgfm nas versões 200 TSI e Comfortline, com câmbio manual ou automático, ambos de 6 marchas, enquanto a variante Highline adota o 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm, somente automático.

Apesar do começo morno em 2019, o Volkswagen T-Cross ganhou espaço no mercado em 2020, entrando para a lista dos cinco modelos mais vendidos do segmento dos SUVs compactos. Disparou em julho, quando emplacou 10.210 unidades, tornando-se o carro mais vendido do país. Também foi o que deu força para o T-Cross para liderar a categoria com folga – está com 41.989 unidades no acumulado, contra 36.403 unidades do Jeep Renegade. Porém, começou a perder ritmo em setembro, pelas mudanças na versão Sense para PCD, despencando para a 4ª posição mensal.