Motor 3.0 V6 foi modificado para entregar 59,1 kgfm de torque

No mercado há uma década, a Volkswagen Amarok está começando a mostrar a idade. Felizmente, a marca já anunciou uma parceria com a Ford para desenvolver a segunda geração da picape média, esperada para 2022 usando a plataforma da Ranger. Enquanto isso, o modelo atual ainda tem algumas cartas na manga, ao menos para a Austrália, onde a VW fez uma parceria com a Walkinshaw para lançar uma versão mais potente.

Conheça a Volkswagen Amarok W580, edição especial batizada assim por causa da preparadora australiana Walkinshaw e a quantidade de torque que ela entrega: 580 Newton-metros (59,1 kgfm). O motor 3.0 V6 ainda produz os mesmos 258 cv, chegando a 272 cv por alguns segundos usando a função de overboost - a Amarok V6 feita na Argentina já recebeu este aumento na potência e ele chegará em breve ao Brasil.

Galeria: VW Amarok W580 by Walkinshaw

Para criar a W580, a Walkinshaw pegou a Amarok V6 vendida na Austrália e mexeu na suspensão, elevando o eixo dianteiro em 40 milímetros para aumentar a distância em relação ao solo. Ainda recebeu pneus Pirelli Scorpion 275/50 R20 para as rodas de 20" com desenho exclusivo, enquanto as caixas de roda foram estendidas para deixar a picape com uma cara mais parruda.

A preparadora também instalou um sistema de escape sob medida com duas saídas sob o para-choque traseiro e modificou a grade dianteira de forma a deixar claro que esta não é uma Amarok comum. Faróis bi-xenon, luzes de neblina em LED e uma placa identificando a numeração do veículo completam as mudanças.

A Volkswagen Amarok W580 da Walkinshaw começará a ser vendida na Austrália no dia 1º de dezembro, ainda sem preços divulgados. Os 30 prmeiros clientes ainda ganharão uma viagem paga pela preparadora para conhecer a fábrica e participar de um track day na psita de testes da empresa. Já aqui no Brasil, o máximo que veremos é o aumento de potência da Amarok V6, de 225 cv para 258 cv, com lançamento previsto para as próximas semanas.