Posicionado abaixo do Kicks, novo SUV tem lançamento no Brasil previsto para 2022

Depois da apresentação inicial como carro-conceito, em meados de julho, o crossover Nissan Magnite já dá as caras em versão final nesta semana na Ásia. Em imagens de registro vazadas de documentos oficiais, o modelo tem detalhes do design completamente revelados e confirma que muito do que já vimos no protótipo será preservado no carro de produção.

Bastante inspirado nos SUVs globais da Nissan (especialmente no Kicks), o design tem linhas arrojadas e que certamente devem agradar ao público alvo (especialmente jovens e mulheres). A dianteira manterá a pegada agressiva, com destaque para os faróis pontiagudos e as luzes de LED verticais instaladas nas extremidades do para-choque.

Galeria: Nissan Magnite - Imagens de registro

A laterais serão praticamente idênticas às do carro-conceito, inclusive em detalhes como revestimento plástico das caixas-de-roda e recorte dos vidros. Deve mudar apenas o desenho das rodas, que no conceito carrega o exagero visual típico de show-cars. Por fim, a traseira preservou as lanternas divididas pela tampa do porta-malas e a placa de identificação instalada no para-choque.

A cabine definitiva até agora não teve detalhes revelados, mas certamente manterá a mesma receita do conceito. Ou seja, linhas dinâmicas e modernas com variedade de revestimentos e texturas, além de detalhes na mesma cor da carroceria. No campo tecnológico, o destaque ficará por conta da tela do sistema multimídia, de medidas generosas e ligeiramente voltada para o motorista.

Conceito Nissan Magnite

As opções de motorização ainda não foram oficializadas, mas as principais apostas vão para o 1.0 de 3 cilindros em versão aspirada de 72 cv e 9,7 kgfm de torque, e turbo com cerca de 100 cv. O câmbio poderá ser manual ou automático do tipo CVT. A chegada ao mercado deverá acontecer apenas em 2021, inicialmente na Índia. No Brasil, o lançamento é aguardado para 2022, com produção local e posicionamento abaixo do Kicks, ocupando o lugar do recém-falecido March.

Fonte: Rushline