Motor V8 de 720 cv garante aceleração de 0 a 96 km/h em apenas 3,5 segundos

A Dodge acaba de anunciar nos Estados Unidos o lançamento da linha 2021 do Durango com uma série de novidades. Além de um leve facelift e atualizações no pacote tecnológico, o utilitário traz como destaque a oferta da variante esportiva SRT Hellcat. Desenvolvida pela divisão de alta performance da marca, a configuração tem um motorzão 6.2 V8 de 720 cv e 89,1 kgfm de torque, fato que o torna o SUV mais potente do mundo.

O propulsor é conhecido dentro da FCA e já equipa os esportivos Challenger e Charger em versões semelhantes, além de estar sob o capô do Jeep Grand Cherokee Trackhawk. O poderio do conjunto é tão expressivo que deixa Durango à facilmente frente de SUVs consagrados, como BMW X5 M Competition, Mercedes-AMG GLE 63 S e Porsche Cayenne Turbo - todos com no mínimo 100 cv a menos. 

Galeria: Dodge Durango SRT Hellcat 2021

O conjunto é formado ainda pelo câmbio automático de 8 marchas e pelo sistema de tração integral. Dados de fábrica indicam aceleração de 0 a 96 km/h em apenas 3,5 segundos e velocidade máxima de 290 km/h. Como se não bastasse, o Durante SRT Hellcat também é capaz de rebocar até 3.946 kg.

Para dar conta de tamanha potência, os engenheiros preparam uma série de especificações próprias, incluindo suspensão esportiva e rodas de 20 polegadas calçadas com pneus Pirelli Scorpion Zero. Há ainda sistema de freios Brembo com pinças de 6 pistões e discos de 15,8 polegadas (401 mm) na frente, e 4 pistões e discos de 351 mm (13,8 polegadas) atrás. 

Em termos de design, conta com grade frontal com estilo mais agressivo, inspirada no sedã Charger, faixas decorativas, capô com entrada de ar exclusiva, sistema de escapamento próprio, rodas com desenho único e para-choques com formato mais dinâmico. Atrás, as lanternas interligadas contam com iluminação em LED do tipo "Racetrack" e há um spoiler exclusivo para completar o conjunto.

Por dentro, a cabine foi praticamente toda reformulada na comparação com o Durango anterior. O novo painel agora lembra bastante o do Challenger, incluindo detalhes como console e formato das saídas de ventilação. O sistema de entretenimento Uconnect também foi atualizado e agora roda em uma tela de 10,1 polegadas (8,4 polegadas nas versões mais simples). 

Dodge Durango 2021
Durango R/T

Além do Hellcat, as demais versões do Durango 2021 também receberam novidades no visual. O facelift inclui grade redesenhada, faróis revisados, novos para-choques e rodas inéditas. A variante R/T ganha ainda o pacote Tow N Go que adiciona alguns elementos do Hellcat, como rodas, freios Brembo, soleiras e escapamento com ponteiras exclusivas.

Sob o capô, os demais acabamentos da família contam com as seguintes opções de motorização: 3.6 V6 de 299 cv e 35,9 kgfm de torque, 5.7 V8 HEMI de 365 cv e 53,8 kgfm de força e 6.4 V8 HEMI de 482 cv e 64,9 kgfm. Este último equipa a variante SRT 392 e garante aceleração de 0 a 96 km/h em somente 4,4 segundos. As vendas no mercado norte-americano serão iniciadas no final do ano.

Galeria: Dodge Durango 2021

Fotos: Divulgação