Fábricas de Betim (MG) e Goiana (PE) retomam operações após 48 dias de paralisação

Depois de aproximadamente 48 dias de paralisação, a FCA anuncia nesta semana no Brasil o retorno das atividades produtivas das marcas Fiat e Jeep. Conforme explica a empresa, a retomada acontece de maneira gradual e obedece a todas as medidas de prevenção em sanitização, saúde e segurança, bem como reorganização da jornada.

Tomando experiências trazidas da Itália e da Ásia, foram implementados novos protocolos que acompanham passo a passo a jornada do funcionário, desde a preparação em casa para o trabalho, a viagem nos ônibus até as fábricas, o ambiente fabril e, por fim, o retorno ao lar no fim do expediente.

Galeria: Fábrica FCA - Goiana (PE)

A expectativa é que o volume de produção siga uma rampa de crescimento ao longo de maio, acompanhando a adaptação aos novos protocolos e a reação do mercado em termos de vendas. Antes da paralisação, a fábrica de Betim (MG), que fabrica os modelos da Fiat, produzia cerca de 1.600 veículos por dia. Já a planta de Goiana (PE), que entrega modelos da Jeep e a picape Toro, tinha média diária de 1.000 carros.

Com a retomada, serão 4.300 pessoas trabalhando em Minas Gerais e 1.500 em Pernambuco. Os funcionários administrativos e que não estão diretamente envolvidos com a produção continuam trabalhando de casa (home office) para reduzir o fluxo de pessoas nas fábricas. 

Fotos: divulgação

Fonte: FCA