Sim, a tourer italiana também vai usar o motor V4 da Panigale e da Streetfighter

A Ducati está trabalhando para completar o seu trio de modelos V4. Após a esportiva Panigale e a naked Streetfighter, a Multistrada V4 está no forno e foi avistada rodando pelas ruas na Itália, após Claudio Domenicali, CEO da marca, admitir que o novo motor V4 está a caminho da moto. Não é mais uma questão de "se" e sim de "quando" a Multistrada V4 chegará às concessionárias. E parece que não irá demorar muito.

O protótipo da Multistrada V4 está rodando na Europa bem camuflada. Os flagras revelam algumas pistas sobre o futuro modelo, como o sub-chassi com treliças vermelhas - ausente nas Multistrada 950 e 1260 -, além de um braço oscilante menor, o que sugere um entre-eixos mais curto. A lateral mostra que não terá uma carenagem tão grande, graças às passagens de ar.

Galeria: Ducati Multistrada V4 - Flagra

O modelo de testes é equipado com um garfo invertido e um monoamortecedor na traseira, assim como freios da Brembo com ABS. Ao invés de ter um para-lama preso pela roda, ele é ligado ao sub-chassi. Isso é o que podemos ver no protótipo, mas veremos bem mais em breve, pois a Ducati deve iniciar logo o plano de divulgação da Multistrada V4.

Segundo a declaração feita por Domenicali sobre a Multistrada V4, o novo modelo será uma adição à linha da marca, ao invés de uma substituta. Afinal, o V4 é um bloco de quatro cilindros e 1.103 cc como foco total na esportividade, com mais potência que os 158 cv da 1.260 bicilíndrica (atual modelo topo de linha da Multistrada). O motor V4 entrega mais de 200 cv e tem baixo peso, o que fará com que a Multistrada V4 seja praticamente uma esportiva com posição elevada.

Há chances de que a Ducati Multistrada V4 faça sua estreia antes do final do ano, possivelmente no evento anual da marca, normalmente feito pouco antes do Salão de Milão (EICMA), em novembro.