Versão de entrada é R$ 21.700 mais barata que a variante Premier

Três meses depois de chegar às lojas na versão Premier, o Chevrolet Cruze LT começa a ser comercializado pela General Motors. Trata-se da opção de entrada tanto do sedã quanto do hatch médio Sport6, com menos equipamentos para que possa ser vendido por R$ 101.190. Traz o mesmo visual reestilizado da opção topo de linha e a conexão WiFi 4G na multimídia, mas perde itens como o carregador wireless para smartphones.

Galeria: Chevrolet Cruze LT 2020

O Chevrolet Cruze LT e o Sport6 LT serão vendidos pelo mesmo preço de R$ 101.190, uma redução de R$ 21.700 em comparação à versão Premier. A diferença entre as duas está na lista de equipamentos. O Cruze LT é equipado com seis airbags, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré, ar-condicionado digital, travas e vidros elétricos, central multimídia MyLink 3 com conexão WiFi 4G, Android Auto e Apple CarPlay.

Comparado ao Cruze Premier, a versão LT perde o alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa, faróis com acendimento automático sensor de estacionamento dianteiro, sensor de chuva, chave presencial, partida por botão e o carregador sem fio para smartphones. No caso do Sport6, o hatch também perde o teto solar, item restrito ao hatch.

Chevrolet Cruze LT 2020
Chevrolet Cruze LT 2020

A parte mecânica não mudou, mantendo o motor 1.4 turbo flex de 153 cv a 5.200 rpm e 24,5 kgfm de torque máximo a 2.000 rpm. A transmissão é a automática de 6 marchas. Na versão Premier, o Cruze faz 9,4 km/litro na estrada e 7,6 km/litro na cidade, com etanol. Ao ser abastecido com gasolina, o rendimento passa para 13,9 km/litro e 11,1 km/litro, respectivamente. O sedã médio já foi testado pelo Latin NCAP, recebendo 5 estrelas para adultos e 4 para crianças.

Ouça nosso podcast