Versão alongada do SUV mede 4,99 metros de comprimento e terá versões de 7 lugares

Como de costume, o governo chinês acabou revelando antes da hora o inédito Blazer XL, versão alongada do crossover. O registro do veículo revela não só seu design final como também algumas informações, como versões de 5 e 7 lugares, suas medidas e que contará com o motor 2.0 turbo de 230 cv. O modelo estaria sendo cotado pela GM para a América Latina, onde atuaria acima do Equinox como modelo topo de linha.

Galeria: Chevrolet Blazer XL - Registro na China

As fotos mostram que o Chevrolet Blazer XL terá design praticamente idêntico ao da versão menor, como foi antecipado pelo conceito FNR-CarryAll. O que muda é teto mais reto por conta da traseira alongada. Ao contrário do que acreditava-se, não será vendido exclusivamente com 7 lugares, contando também com uma opção de 5 assentos e maior porta-malas. Ainda contará com uma versão RS, de visual esportivo.

O registro revela ainda que o Blazer XL mede 4,999 metros de comprimento, 1,953 m de largura, 1,732 m de altura e 2,863 m de entre-eixos. São 13,7 cm mais de comprimento, adicionados no balanço traseiro, já que o entre-eixos é igual ao do Blazer convencional. Apenas uma motorização aparece no documento, a 2.0 turbo de 236 cv (174 kW) e 35,7 kgfm de torque (350 nm), a mesma usada pelo Blazer vendido nos EUA. A transmissão é automática de 9 marchas.

Chevrolet Blazer XL - Registro na China

De acordo com o site GM Authority, o Chevrolet Blazer XL estaria nos planos da fabricante para a América do Sul como uma opção acima do Equinox, para quem deseja um SUV mais urbano do que o Trailblazer. O Blazer é produzido no México, o que ajudaria o carro ao vir no Brasil por conta do acordo comercial entre os países, aproveitando o espaço das cotas que o Tracker deixará em aberto a partir do começo de 2020.

Fonte: Auto Sina