Toyota diz ainda que há 6.000 encomendas feitas para o modelo

Lançado oficialmente no dia 12 de setembro, o novo Toyota Corolla já emplacou 2.500 unidades nos primeiros 15 dias de venda. Foram 2.100 da versão 2.0 e 400 da inédita híbrida flex - basicamente toda a produção que já saiu da fábrica de Indaiatuba (SP). A marca japonesa ainda garante ter mais quase 6.000 pedidos de clientes para atender. 

Corolla Hybrid

De acordo com a Toyota, o novo Corolla já levou quase 30 mil pessoas às 122 concessionárias da marca no país. Do total de encomendas, 65% foram das versões GLi, XEi e Altis com motor 2.0, enquanto os outros 35% ficaram com o modelo 1.8 híbrido flex.  

"A produção inicial das versões híbridas no mês de setembro foi de apenas 5% do mix, devido ao início de produção da nova tecnologia, mas esse ritmo deve acelerar para os planejados 22% já em outubro, ajustando a produção à demanda natural", explica Vladimir Centurião, diretor de Marketing, Vendas e Pós-Venda da Toyota do Brasil.

Comparativo: Novo Corolla x Civic x Cruze 2020
Comparativo: Novo Corolla x Civic x Cruze 2020

Com preços entre R$ 99.990 e R$ 130.990, o novo Corolla marcou a estreia da plataforma TNGA produzida no Brasil. Entre as novidades, o sedã trouxe suspensão traseira multibraços, motor 2.0 com injeção direta e indireta de 177 cv e transmissão de 10 marchas (1ª mecânica e 9 simuladas no CVT), além do modelo híbrido com dois motores elétricos e um 1.8 flex a combustão. 

Aqui no Motor1.com, o novo Corolla 2.0 já enfrentou os rivais Civic e Cruze em suas versões 2020 (veja vídeo abaixo) e também enfrentou nossa bateria de testes no modelo Altis 1.8 Híbrido Flex. A seguir com os números iniciais, o modelo deve continuar a liderar o segmento de sedãs médios com facilidade. 

'

 Fotos: Mario Villaescusa e Daniel Messeder 

Galeria: Avaliação: Novo Toyota Corolla 2020