Facelift incrementa visual com nova dianteira e aprimora mecânica com mais potência e novo câmbio

Considerada a irmã maior da Frontier e principal representante da Nissan no segmento de picapes grandes na América do Norte, a Titan acaba de chegar à linha 2020 com importantes novidades. Atualizada pela última vez em janeiro 2015, quando foi apresentada em nova geração no Salão de Detroit, a picape passar por leves mudanças e recebe a chamada reestilização de meia-vida para acompanhar de forma mais competitiva as movimentações da concorrência. No visual, ganha retoques no desenho da dianteira e otimizações no interior, enquanto na mecânica passa a contar com uma nova transmissão automática e motor V8 com potência extra.

Galeria: Nissan Titan 2020

Por fora, a principal novidade fica por conta da dianteira. A partir de agora, a grade fica mais proeminente e ganha design mais agressivo, sendo oferecida ao todo em três estilos diferentes, variando entre revestimentos foscos e cromados de acordo com cada versão. Além disso, os faróis ficaram mais sofisticados com a adoção de luzes de LED, cujo formato no geral lembra uma espécie de bumerangue duplo. Na traseira, as lanternas também passam a ser de LED e a caçamba ganha iluminação em quatro diferentes pontos. Por dentro, a Nissan alterou levemente o desenho das saídas de ar, adicionou novos porta-objetos e adotou novos revestimentos.

Nissan Titan 2020
Nissan Titan 2020

Entre os equipamentos, destaque para a oferta de teto solar panorâmico nas versões de cabine dupla, sistema de entretenimento com tela de 8 polegadas (ou 9 polegadas, como opcional), 8 airbags (contra 6 de até então) e os itens de segurança do chamado pacote Safety Shield 360, que inclui frenagem de emergência automática com detecção de pedestres, monitoramento de pontos cegos, alerta de tráfego traseiro, alerta de mudança de faixa e faróis com regulador automático do facho alto. Entre os opcionais, há piloto automático adaptativo, sistema de reconhecimento de sinais de trânsito e câmera com visão panorâmica.

Sob o capô, o motor 5.6 V8 a gasolina, que até então entregava 390 cv, agora passa a gerar 400 cv e 57,1 kgfm de torque. O câmbio automático também muda e salta de 7 para 9 marchas. A tração é 4x4 como antes, mas agora ganha o reforço do Off-Road Gauge, que incorpora uma série de auxílios eletrônicos para otimizar o desempenho no fora-de-estrada. No mercado norte-americano, a Titan concorre diretamente com Chevrolet Silverado 1500, Ford F-150 e RAM 1500. É oferecida nas versões S, SV, Pro-4X e Platinum Reserve.

Fotos: divulgação

Fonte: Nissan