Modelo terá motor 2.0 turbo e câmbio automático de 8 marchas

A chinesa Great Wall é praticamente desconhecida no Brasil. Ganhou um pouco de destaque quando apareceram rumores de que o Grupo CAOA estaria tentando ser a representante da marca no mercado nacional, e até mostrou alguns de seus modelos no Salão do Automóvel de 2012, prometendo uma fábrica no país - o que não aconteceu. A maior fabricante de SUVs e picapes da China quer mudar isso com o lançamento da P Series, linha global de picapes que mira na liderança do segmento.

De acordo com a fabricante, esta será sua primeira picape realmente global e que será vendida em todos os mercados onde a Great Wall participa. A intenção da marca é "redesenhar o cenário global de picapes" e "estar entre as três picapes mais vendidas do mundo". Ou seja, a chinesa quer que o novo modelo consiga enfrentar Chevrolet e Ford de igual para igual, alcançando 200 mil unidades vendidas anualmente até 2020.

Galeria: Great Wall P Series

A P Series utiliza uma nova plataforma chamada P71, criada para que o veículo seja mais seguro, confortável, eficiente e leve do que os modelos anteriores da Great Wall. A empresa ainda diz que será possível configurar o modelo com mais de 100 variantes diferentes, dependendo das opções de motorização, tamanho da carroceria e "formas de condução".

Great Wall P Series
Great Wall P Series

A força virá do motor 2.0 turbo, combinado a uma transmissão automática de 8 marchas e com tração integral inteligente. A Great Wall não deu detalhes sobre a motorização, sendo que o mais provável é que seja uma versão atualizada do 2.0 turbodiesel já usado pela marca, que atualmente conta com 143 cv e 31,1 kgfm de torque.

Como todo carro chinês, seu destaque estará no pacote de equipamentos. A Great Wall diz que a picape será vendida com câmera 360°, aviso de saída de faixa, controle por voz, controle de cruzeiro adaptativo e mais, alguns de série e outros como opcional. Como a Great Wall acabou não vindo ao Brasil, a chance desta picape aparecer por aqui é bem pequena.

Fonte: Great Wall