Lista de novidades inclui ampliação da oferta de motores e melhorias aerodinâmicas

Aproximadamente quatro anos após o lançamento na Europa, a Opel atualiza a atual geração do médio Astra com novidades visuais e mecânicas para a linha 2020. Conforme explica a marca, as alterações promovidas foram tão bem-vindas que tornaram o modelo no mais eficiente Astra já produzido em 28 anos e 5 gerações diferentes. Entre outros incrementos, há uma nova gama de motores a diesel e a gasolina (todos modernos e turbinados), novas opções de câmbio e otimizações nas funções aerodinâmicas do carro.

Galeria: Opel Astra 2019

No caso das opções a gasolina, entram no catálogo os propulsores 1.2 e 1.4 de três cilindros com potências que variam de 112 cv a 147 cv. As opções de câmbio são manual de 6 marchas ou automático CVT de 7 marchas simuladas. Dados de fábrica indicam consumo de 19,2 km/l no primeiro caso e 16,9 km/l no segundo, levando em conta os protocolos do padrão WLTP. No caso do diesel, entra em ação um 1.5 com potências de 106 cv ou 124 cv. O câmbio neste caso pode ser manual de 6 marchas ou automático de 9 velocidades, sendo este último o primeiro usado pela Opel em toda sua história. Quanto ao nível de poluição, a redução nas emissões de CO2 é de 17%.

No visual, destaque para a adoção de faróis de LED em todas as versões, câmera de ré com imagens mais nítidas e com mais contraste, quadro de instrumentos com elementos digitais e novas funções para o sistema de entretenimento que roda na tela de 8 polegadas. A Opel diz ainda que promoveu alterações na aerodinâmica com um intenso trabalho no túnel de vento que contribuiu significativamente para reduções no consumo de combustível e emissões de CO2. Como resultado, a versão Sports Tourer agora têm coeficiente de arrasto de 0,25, enquanto o hatchback possui 0,26.

Fonte: Opel