Variantes 90 e 110 terão capacidade para acomodar 5, 6 ou 7 passageiros

A nova geração do Land Rover Defender será oficialmente revelada apenas em setembro, mas o vazamento de informações a respeito do projeto parece inevitável. Prova disso é a recente matéria publicada pelo site Disco4 Forums,que revela detalhadamente aspectos como opções de carroceria, ofertas de motorização, medidas e catálogo de versões. Como esperado, a publicação confirma através de slides internos as já especuladas variantes 90 (duas portas) e 110 (quatro portas), mas surpreende ao revelar que haverá uma terceira opção, batizada de 130. Esta configuração manterá as quatro portas do modelo 110, mas será ainda mais longa e terá capacidade par acomodar até 8 passageiros.

Galeria: Land Rover Defender 2020 no Quênia

De acordo com os documentos vazados, o Defender 90 terá 4,32 metros de comprimento, 1,99 m de largura, 1,92 m de altura e 2,58 metros de distância entre-eixos. Na sequência, o modelo 110 medirá 4,75 metros de comprimento, os mesmos 1,99 m de largura, 1,91 m de altura e 3,02 de entre-eixos. Por fim, o 130 alcançará 5,10 metros de comprimento, 1,99 m de largura, 1,91 m de altura e os mesmo 3,02 metros de distância entre-eixos. Considerando que esta última medida não mudará em relação à versão 110, tudo leva a crer que o balanço traseiro será consideravelmente maior para compensar os 35 cm extras de comprimento.

O modelo 90, dotado de apenas duas portas, é descrito como "ícone de imagem" da nova geração, uma vez que manterá a tradição do modelo original. Apesar de ser o menor da linha, terá capacidade para levar 5 ou 6 ocupantes divididos em duas fileiras de bancos (configurações 2+3 ou 3+3, respectivamente). Por sua vez, o Defender 110 levará 5, 6 ou 7 ocupantes (arranjos 2+3, 3+3 ou 2+3+2, nesta ordem), enquanto o 130 terá espaço suficiente para até 8 pessoas (não ficou claro se no sistema 3+3+2 ou 2+3+3). O primeiro a ser apresentado será o modelo 110, em outubro deste ano, seguido pelo 90 em março de 2020 e pelo 130 em agosto de 2020.

Land Rover Defender 2020 em testes finais

No quesito motorização, está confirmada a oferta de três motores a gasolina e três turbodiesel. No primeiro caso, o catálogo será dividido nas versões P300, P400 e P400e (híbrido plug-in). Já no segundo, a divisão ficará entre as configurações D200, D240 e D300. Os documentos em baixa resolução não permitem aferições tão exatas, mas tudo indica que os modelos D200, D240 e P300 terão sob o capô um motor 2.0 turbo de 4 cilindros com torque de 43,8 kgfm no caso dos "D" e 40,8 kgfm no caso do "P" (gasolina). O D300 será equipado com um turbodiesel de 6 cilindros com 66,3 kgfm de torque, enquanto o P400 usará um 3.0 de 6 cilindros com 56 kgfm. Por fim, o P400 PHEV fará a associação de um 2.0 turbo de 4 cilindros com um bloco elétrico num total de 65,7 kgfm.

Land Rover Defender 2020 -
Land Rover Defender 90 2020 - Flagra

Dados oficiais indicam ainda aceleração 0 a 100 km/h feita em 10 segundos no modelo D200, 8,3 segundos no D240 e 7,4 segundos no D300. No propulsores a gasolina, o tempo será de 7 segundos no P300 e pouco mais de 5 no P400. Já o portfólio será dividido nas seguintes versões: Standard, S, SE, HSE e X. Dependendo do caso, serão oferecidos itens como faróis em LED adaptativa do tipo Matrix, assentos de couro elétricos ajustáveis ​​de 18 posições diferentes, painel de instrumentos digital com tela de 12 polegadas, sistema de som Meridian com 14 alto-falantes, rodas de 20 polegadas e diversos recursos de assistência e segurança.

Fonte: Disco4 Forums