Plataforma será aposentada e programas de desenvolvimento foram cancelados

Apesar de ser um dos nomes mais importantes da Chevrolet (inclusive sendo usado em roupas e produtos de grife da empresa), o Camaro parece estar com os dias contados. Isso não acontecerá amanhã, mas 2023 parece ser o ano final do modelo. Ao menos é o que reporta o site americano Muscle Car and Trucks

De acordo com a publicação, a plataforma do atual Camaro (sexta geração) será descontinuada nos modelos com quem a compartilha, os Caddilac ATS e CTS, que adotarão a nova base A2XX. Porém, parece que o Camaro não a usará e todos os projetos de desenvolvimento de uma nova geração foram cancelados - tanto que o pessoal foi transferido para outros projetos dentro da GM. 

Vale lembrar que o Camaro já teve esse buraco entre gerações, saindo de linha em 2002 e retornando em 2009. Porém, hoje o Camaro não consegue ter números de vendas expressivos como já teve há alguns anos, e dizem que pode ser pelo design polêmico aplicado na reestilização anterior à atual (que é vendida no Brasil) e a reação negativa dos compradores quando se fala em motorizações híbridas na linha futura. 

Ficaremos de olho no que acontecerá nos próximos anos e torcer para que essa informação, se não for um mero boato, seja revertida pela GM.  

Fotos: divulgação