Na categoria acima, Lexus ES mantém trajetória de crescimento

As vendas de sedãs médios premium encerraram o mês de maio com a terceira retração consecutiva. Foram 1.001 emplacamentos, 22,4% a menos do que no mesmo período de 2018. Assim como em abril, foi o Audi A3 Sedan (258), que mais do que dobrou as vendas, o modelo que impediu uma queda ainda maior.

Apesar de perder quase 1/3 dos compradores do ano passado, o Mercedes Classe C (299) retomou a liderança perdida no mês anterior – esta foi a 16ª vez nos últimos 17 meses de domínio do representante de Stuttgart. Preferido no último ranking, o BMW Série 3 (190) teve seu mês mais fraco desde fevereiro de 2018 (165).

Novo BMW 330i (lançamento Brasil)

Com o seu melhor desempenho desde agosto (172), o Mercedes CLA completou quatro meses seguidos na 4ª posição, apesar de recuar quase 50% em relação a 2018. Os outros representantes da Audi no segmento, A5 (70) e A4 (68), registraram números positivos. Lanterna, o Jaguar XE (5) foi também o campeão de queda (-69%).

Sedãs Médios Premium

POS.

MODELO

MAI/19

ABR/19

MAI/18

% MAI 19

% ABR 19

VARIAÇÃO MAI/ABR

VARIAÇÃO 2019/2018

MERCEDES-BENZ CLASSE C

299

242

430

29,87%

23,96%

23,55%

-30,47%

AUDI A3 SEDAN

258

227

123

25,77%

22,48%

13,66%

109,76%

BMW SÉRIE 3

190

304

381

18,98%

30,10%

-37,50%

-50,13%

MERCEDES-BENZ CLA

111

85

215

11,09%

8,42%

30,59%

-48,37%

AUDI A5

70

52

64

6,99%

5,15%

34,62%

9,38%

AUDI A4

68

75

61

6,79%

7,43%

-9,33%

11,48%

JAGUAR XE

5

25

16

0,50%

2,48%

-80,00%

-68,75%

 

 

1001

1010

1290

100,00%

100,00%

-0,89%

-22,40%

Entre os modelos mais sofisticados, o BMW Série 5 (36) manteve uma liderança que já dura desde fevereiro e abriu vantagem no acumulado do ano. Novamente vice-líder, o Lexus ES (21) repetiu o recorde de vendas registrado em janeiro.

Lexus ES300h

Quem não vive um bom momento é o Classe E. Com apenas 13 unidades, o sedã intermediário da Mercedes perdeu mais da metade dos compradores de um ano para cá e já enxerga risco com o avanço do novo CLS (10). Zerado em abril, o Audi A6, ainda de geração anterior, emplacou 6 unidades e assegurou lugar entre os cinco primeiros.

Empatados com 2 emplacamentos vieram os modelos topo de linha da Mercedes e da Porsche, Classe S e Panamera, ambos com forte retração. Empatados na última posição, BMW Série 7, Jaguar XF e Volvo S90 foram os preferidos por um consumidor cada.

Sedãs Grandes Premium

POS.

MODELO

MAI/19

ABR/19

MAI/18

% MAI 19

% ABR 19

VARIAÇÃO MAI/ABR

VARIAÇÃO 2019/2018

BMW SÉRIE 5

36

29

34

38,71%

39,73%

24,14%

5,88%

LEXUS ES

21

18

2

22,58%

24,66%

16,67%

950,00%

MERCEDES-BENZ CLASSE E

13

8

28

13,98%

10,96%

62,50%

-53,57%

MERCEDES-BENZ CLS

10

11

0

10,75%

15,07%

-9,09%

-

AUDI A6

6

0

3

6,45%

0,00%

-

100,00%

MERCEDES-BENZ CLASSE S

2

3

6

2,15%

4,11%

-33,33%

-66,67%

PORSCHE PANAMERA

2

0

10

2,15%

0,00%

-

-80,00%

BMW SÉRIE 7

1

0

1

1,08%

0,00%

-

0,00%

JAGUAR XF

1

1

1

1,08%

1,37%

0,00%

0,00%

10º

VOLVO S90

1

3

0

1,08%

4,11%

-66,67%

-

 

 

93

73

85

100,00%

100,00%

27,40%

9,41%

Observação: O BMW Série 4 e o Kia Stinger, anteriormente classificados como sedãs médios premium, foram posicionados entre os modelos esportivos.

Fonte: Fenabrave

Galeria: Mercedes-Benz C200 EQ Boost 2019