Modelo exclusivo da América do Norte será apresentado no Salão de Nova York

Enquanto marcas como Hyundai, Ford e Chevrolet perdem cada vez mais o interesse pelo segmento de hatchbacks compactos na América do Norte, a Toyota não só reafirma sua presença na categoria como revela oficialmente nesta semana a nova geração do seu representante neste nicho: o Yaris.

Completamente diferente do modelo que saiu de linha em janeiro (irmão gêmeo da versão até hoje vendida na Europa), o novo compacto estreia como um rebadge desenvolvido a partir do Mazda2 e segue exatamente a mesma estratégia já adotada pela variante sedã (também derivada do mesmo Mazda). Dessa forma, a Toyota passa a ter três variantes distintas do Yaris vendidas no mundo: a norte-americana, a europeia e a asiática (oferecida no Brasil).

Galeria: Toyota Yaris Hatchback 2020 - EUA

No visual, o Yaris 2020 se diferencia do Mazda2 original basicamente pela dianteira. Assim como fez no sedã, a Toyota redesenhou o para-choque, reformulou a grade e alterou levemente o desenho dos faróis, dando um pouco de personalidade ao carro. Demais detalhes da traseira e do interior praticamente não mudam em relação ao Mazda. Sob o capô, até o motor é emprestado da montadora parceira: um 1.5 a gasolina de 107 cv de potência que trabalha sempre associado a um câmbio automático de 6 marchas. Ainda na mecânica, a marca ressalta a facilidade nas manobras com o diâmetro de giro de apenas 9,7 metros da direção.

Nos Estados Unidos, a oferta será composta pelas versões LE e XLE. Entre os principais equipamentos, destaque para rodas aro 16", faróis de neblina, espelhos retrovisores na cor da carroceria, ponteira de escape cromada e frenagem de emergência automática, entre outros itens. No interior, há central multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, reconhecimento por voz e câmera de ré. A estreia acontece nas próximas semanas no Salão de Nova York, com vendas na sequência.

Fotos: Divulgação