Marca promete novidades sobre o hatchback para o Salão de Nova York, em abril

Embora tenha design diferente, o Toyota Yaris vendido nos EUA é bem próximo do brasileiro, usando a mesma plataforma. Enquanto por aqui ele começa a fazer sucesso, roubando as vendas do Etios, nos Estados Unidos sua vida está tão ruim que a marca tirou a versão hatch de linha. Já a variante sedã, uma adaptação do Mazda2, continua nas lojas. Porém, há esperança para o hatchback, pois a fabricante promete falar mais sobre ele em abril, durante o Salão de Nova York.

A demanda por hatchbacks caiu muito nos Estados Unidos, sendo substituída pela procura de crossovers e SUVs. Por isso, a Toyota está reavaliando toda sua linha para identificar quais carros ficarão e quais serão exterminados. A procura baixa pelo Yaris no país é um dos motivos que levou a fabricante a descartar a importação do esportivo Yaris GRMN, uma versão limitada com apenas 600 unidades para a Europa e 200 no Japão, é conhecido como Vitz GRMN. É o mesmo caso do Yaris GR Sport, variante mais mansa do GRMN, mas sem o motor 1.8 de 209 cv.

Galeria: Toyota Yaris reestilizado

O jogo pode mudar para o Yaris. Embora já esteja fora das lojas no país, um porta-voz da Toyota falou com o site CarsDirect e revelou que a empresa fará um anúncio sobre a linha 2020 do Yaris durante o Salão de Nova York. O evento abrirá as portas em 17 de abril e há chances de que a Toyota comece a divulgar algumas imagens antes disso.

Se a situação do Yaris não está boa por lá, o mesmo não pode ser dito do resto da linha da Toyota. A fabricante irá lançar uma versão especial do Land Cruiser chamada Heritage Edition, o Prius com tração integral e, obviamente, a nova geração do Supra. Entre 2019 e 2022, a marca promete apresentar 19 veículos novos ou atualizados para os Estados Unidos.

Fonte: CarsDirect