Novo hatch será mais espaçoso e econômico, além de custar menos para produzir

Desenvolvida do zero, a nova geração do Série 1 está levando mais tempo do que o esperado para ser lançada, já que o modelo atual é vendido desde 2011. O novo hatch ainda não foi apresentado, mas ao menos sabemos que ele virá neste ano. A BMW confirmou a estreia do hatchback para o 2º semestre, com entregas na Europa começando antes do fim do ano.

Embora a data exata da apresentação não tenha sido confirmada, há uma chance muito grande de que o novo BMW Série 1 esteja no estande da marca no Salão de Frankfurt (Alemanha), em setembro. Se for o caso, o hatchback deve fazer sua estreia online algumas semanas antes, numa estratégia cada vez mais comum entre as fabricantes.

Baseado na plataforma FAAR, uma evolução da base UKL que estreou nos Mini Cooper, o novo Série 1 já foi flagrado várias vezes. Além de mudar totalmente sua arquitetura, com motor transversal e tração dianteira, seu design também será muito diferente do atual, tanto do lado de dentro quanto de fora.

A mudança de plataforma poderá deixar alguns puristas chateados, mas ajudará o carro a ter mais espaço e economia. Além disso, algumas mídias dizem que a BMW irá economizar até US$ 741 por carro construído por esta mudança na mecânica.

No Brasil, o novo BMW Série 1 deve fazer sua estreia somente em 2020, ficando de fora dos planos de 20 lançamentos prometidos para este ano no nosso mercado. Enquanto isso, a empresa irá dar mais destaque na chegada da nova geração do Série 3, que será produzida em Araquari (SC) a partir de julho.

Fonte: BMW