Terceira geração do hatch passará a ter tração dianteira, para redução de peso e melhora do espaço

O carro de entrada da BMW vai mudar completamente em 2019. A nova geração do Série 1 trocará de plataforma, o que representará a maior mudança de sua vida. Ficará maior, mais espaçoso e mais eficiente, porém com a perda da tração traseira. As novas fotos feitas por nossos espiões mostram o carro já com a carroceria de produção, incluindo faróis e lanternas definitivos.

BMW Série 1 2019 - Novos flagras

Na essência, a única coisa que o novo Série 1 terá em comum com o antecessor será o logotipo da BMW. A terceira geração do hatch adotará a plataforma UKL1 de tração dianteira, de origem Mini e que já se espalhou por alguns BMW, como Série 2 Active Tourer, X1 e X2. A forma como a mecânica de um carro de tração dianteira é montada vai ajudar o novo Série 1 a ter mais espaço na cabine e no porta-malas.

Este protótipo está com a carroceria de produção, além de faróis e lanternas finais (ambos com iluminação por LEDs). O design do novo Série 1 será drasticamente diferente do modelo antigo e parece estar mais dinâmico e agressivo. O interior também será totalmente novo. O hatch premium adotará as linhas internas do Série 5, incluindo novo painel de instrumentos e mais tecnologias a bordo. Espere por uma nova tela central com o sistema multimídia mais atual da BMW.

Adotar a plataforma de tração dianteira do Grupo BMW significa que também terá os motores já usados nesta arquitetura, incluindo o 1.5 turbo de três cilindros. A boa notícia é que também deve receber o 2.0 turbo na versão 120i (como no carro flagrado, que tem dupla saída de escape na traseira). Segundo algumas fontes, a marca ainda estuda lançar uma versão híbrida. A apresentação do novo BMW Série 1 deve acontecer ainda no início deste ano, com vendas na Europa a partir da metade de 2019.

Fotos: Automedia

Galeria: BMW Série 1 2019 - Novos flagras