SUV médio começará a ser feito no fim do ano, chegando às lojas em 2020

Agora que a SpaceFox já deixou de ser feita e o T-Cross está quase nas lojas, a Volkswagen volta suas atenções para o próximo lançamento, o SUV médio Tarek. De acordo com o site Argentina Autoblog, a fabricante soltou um comunicado no país vizinho, avisando que irá suspender o trabalho de 10% de seus funcionários enquanto faz a preparação do complexo para produzir o rival do Jeep Compass. O Tarek começará a ser fabricado no final de 2019 e o lançamento tanto na Argentina quanto no Brasil é esperado no 1º semestre de 2020.

Segundo a Volkswagen, será feito um rodízio dos funcionários. Todo mês, 400 trabalhadores ficarão em casa, recebendo 75% do salário, o que representa 10% de todo o quadro de empregados da fábrica em Pacheco. O complexo produz atualmente apenas a picape Amarok, enquanto o Tarek irá entrar no espaço que antes era ocupado pela SpaceFox.

O Volkswagen Tarek, também conhecido como Tharu em alguns mercados, nasceu como uma opção de SUV médio abaixo do Tiguan. Já está sendo vendido na China e também será feito no México (de onde irá abastecer o mercado norte-americano). Ele mede 4,45 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,63 m de altura e 2,69 de entre-eixos, o suficiente para encarar seu principal rival, o Jeep Compass, que tem 4,42 m de comprimento e 2,64 m de entre-eixos.

Volkswagen Tharu - Fotos oficiais
Volkswagen Tharu - Fotos oficiais

O modelo vendido na China utiliza as mesmas opções de motorização que o Tiguan. Ou seja, a versão de entrada conta com o 1.4 TSI de 150 cv, enquanto a mais cara adota o 2.0 TSI – só que em uma versão menos potente, de 186 cv. Ambos trabalham com o câmbio DSG de dupla embreagem e 7 marchas, sendo que a versão 2.0 turbo ainda tem tração integral 4Motion.

Fonte: Argentina Autoblog
Fotos: Auto Home e divulgação