Picape muda ajuste do motor para gerar 34 cv a mais. Modelo será apresentado em janeiro no país vizinho

A picape mais potente à venda no Brasil é a Volkswagen Amarok V6. Mas, antecipando-se à chegada de modelos como Mercedes-Benz Classe X e da futura Toyota Hilux V6, a marca alemã prepara uma “pequena” mudança para a Amarok, elevando sua potência de 224 cv para 258 cv. A novidade será apresentada no dia 15 de janeiro, em um evento na Argentina, mas só começará a ser produzida no país vizinho em meados de 2019.

Essa mudança na Volkswagen Amarok V6 é semelhante à feita na Europa. É feito um remapeamento da eletrônica do motor, que faz com que o motor 3.0 V6 turbodiesel passe a gerar 258 cv e 59,1 kgfm, contra os 224 cv e 56,1 kgfm do modelo atual. É um aumento de 34 cv e 3 kgfm. Se usar a função Overboost, a potência ainda sobe momentaneamente para 272 cv. Segue com o câmbio automático de 8 marchas e tração 4Motion nas quatro rodas. Por outro lado, a versão manual com esta motorização está fora dos planos para o ano que vem.

A alteração na potência da Amarok V6 ajuda a deixá-la com o título de picape média mais potente do mercado. A Mercedes-Benz Classe X tem os mesmos 258 cv, mas gera 56 kgfm, ou 3 kgfm menos, e não tem a função Overboost. A futura Hilux V6 ainda não tem motorização diesel confirmada – a SW4 V6 que apareceu na Argentina tem motor 4.0 V6 de 235 cv, mas é movida a gasolina. Já a Ranger Raptor, confirmada para a Argentina, tem um 2.0 turbodiesel de 213 cv.

Fonte: Argentina Autoblog

Galeria: Volkswagen Amarok V6 - Lançamento