Versão S de 140 cv deixa de ser oferecida com cabine dupla

Discretamente, a Volkswagen fez mudanças na oferta de versões da picape Amarok neste fim de ano. Começando pelas ausências, não há mais no catálogo a versão S, de entrada, com cabine dupla. Era a única da linha com esta configuração e motor 2.0 turbodiesel de 140 cv a 3.500 rpm e 34,7 kgfm a 1.600 rpm ligado ao câmbio manual de seis marchas. Agora, a S é ofertada apenas com cabine simples. 

Volkswagen Amarok S

Uma substituição acontece na linha intermediária. Deixa o campo a versão Trendline (nomenclatura que a VW está "abolindo" de sua linha aos poucos) e entra em jogo a Comfortline, posicionada entre a SE e a Highline. Tem o motor 2.0 TDI de 180 cv e 42,8 kgfm de torque ligado ao câmbio automático de oito marchas e adiciona itens como ar-condicionado de duas zonas, protetor de caçamba, volante com ajuste de altura e profundidade e bancos parcialmente em couro. Como comparação, a Trendline custava R$ 158.690, enquanto esta nova custa R$ 168.600. Porém, toda a linha Amarok teve aumento de preços, com destaque para a versão topo de linha Extreme V6 superando a barreira dos R$ 200 mil. Veja a tabela abaixo:

MODELO PREÇO
Amarok S Cabine Simples R$ 122.990
Amarok SE Cabine Dupla R$ 148.610
Amarok Comfortline  R$ 168.600
Amarok Highline R$ 183.990
Amarok V6 Highline R$ 191.990
Amarok V6 Extreme R$ 201.990

Galeria: Volkswagen Amarok V6 - Lançamento