Marca promete colocar 20 carros elétricos no mercado até 2025

A Volkswagen anuncia que vai reavaliar prioridades para focar atenções no desenvolvimento de seu ambicioso programa de eletrificação. Segundo a marca, a ideia é reduzir drasticamente as configurações de powertrain para o mercado europeu, de modo a acelerar investimentos em veículos elétricos. Na prática, combinações de motor/transmissão com baixa demanda serão cortadas no lançamento do próximo ano-modelo e, dependendo do caso, até mesmo alguns veículos poderão ser retirados de linha.

"Precisamos forçar o ritmo de nossa transformação e nos tornarmos mais eficientes e ágeis", disse Ralf Brandstätter, diretor de operações da VW. “Não podemos desistir de nossos esforços e precisamos realizar melhorias substanciais. O que conseguimos até agora ainda não é suficiente. Os processos de administração se tornarão mais enxutos", completou.

Volkswagen I.D. Crozz
Volkswagen I.D. BUZZ CARGO Concept 2019

A promessa da VW é colocar no mercado 20 carros elétricos até 2025, e para alcançar essa meta a marca terá de realizar um significativo investimento tecnológico. Planejamentos iniciais prevêem a aplicação de US$ 12,5 bilhões em conectividade, digitalização, direção autônoma e serviços de mobilidade. Desse total, cerca de US$ 10,2 bilhões serão destinados exclusivamente à eletrificação. 

Além da Volkswagen, outras grandes montadoras anunciaram estratégias parecidas. A General Motors, por exemplo, já confirmou que está preparada para demitir 15% de seus trabalhadores assalariados e a Ford deve seguir caminho semelhante.

Fotos: Divulgação

Galeria: Volkswagen I.D. Concept