Estreia deve acontecer em setembro, durante o Salão de Frankfurt

A Volkswagen acabou de fazer uma apresentação de fim de ano resumindo o desempenho da empresa ao longo de 2018 e adiantando o que veremos em 2019. Um dos destaques ficou para a oitava geração do Golf, que foi confirmada para o 2º semestre do ano que vem. Isso pode significar que a apresentação será no Salão de Frankfurt (Alemanha), que acontecerá entre os dias 12 e 22 de setembro.

“A oitava geração do Golf e o I.D. marcam o começo do nosso futuro. Eles são alguns dos principais carros do ano que vem. Estamos trabalhando neles há quatro anos. O Golf é o modelo mais importante da marca há 40 anos e não só trará melhorias nos atributos adorados por seus donos como será totalmente conectado. Você pode dizer que o novo Golf abrirá as portas do mundo digital para a Volkswagen”, afirma Jürgen Stackmann, membro da diretoria e responsável por vendas e marketing.

Apesar de ainda faltar quase um ano para conhecermos o novo Golf, já sabemos alguns detalhes. A fabricante diz que ele usará uma evolução da plataforma MQB, agora preparada para utilizar um sistema híbrido-leve de 48 volts. Este tipo de sistema utiliza um alternador que serve como gerador, motor de arranque e assistente do motor a combustão. Ele recupera energia para uma pequena bateria, abastecendo sistemas elétricos do carro e, quando necessário, dá uma força extra em acelerações e retomadas.

Sessão Anual da Marca Volkswagen 2018

O Golf Mk8 deverá manter os motores atuais, aplicando apenas uma atualização para melhorar a eficiência. A Volkswagen diz que o novo 1.5 TSI ainda é pouco usado dentro da empresa e que deseja aumentar sua participação dentro da gama nos próximos anos. Além do mais, é um motor recente, lançado justamente no Golf reestilizado e que usa muitas tecnologias de ponta, como desativação de cilindros. O 1.0 TSI é outro que não deve sair de linha tão cedo.

Há poucas informações sobre design. Há alguns meses, a empresa mostrou sua nova tecnologia de iluminação, usando faróis e lanternas interativos em LED. Uma das imagens é da traseira de um veículo, revelando uma lanterna com formato inédito, que pode ser a do novo Golf. Já o teaser mostrado durante a apresentação desta quinta-feira (6) é do carro de perfil, com as linhas formando uma silhueta. Chama a atenção pelos faróis mais estreitos e esticados.

O que acontecerá com o Golf no nosso mercado? Gustavo Schmidt, vice-presidente de Vendas e Marketing da VW, disse ao Motor1.com há um tempo que o segmento do hatch médio continuará a encolher. Por isso, a VW irá usar o Golf como uma vitrine de tecnologias, oferecendo o carro em pequena quantidade para os “clientes cativos”. Embora a marca negue oficialmente, David Powels, ex-presidente da marca no país, disse em uma entrevista que o hatch deixaria de ser feito por aqui a médio prazo. A aposta mais segura é que o Golf passe a vir importado na versão GTI e talvez a híbrida GTE.

Fotos: divulgação

Galeria: Sessão Anual da Marca Volkswagen 2018