Estilo evolui pouco, tornando-se quase um "mini-Velar"

Com uma identidade tão forte e significativa, era realmente esperado que o visual do Range Rover Evoque fosse algo mais evolutivo do que revolucionário na segunda geração. E de fato o SUV trouxe mudanças estéticas que, ao mesmo tempo em que manteve a identidade marcante que o fez vender 772.000 unidades, mostra que ali está algo novo. Por baixo disso tudo, há uma nova plataforma, eletrificação leve e maior espaço interno. 

Range Rover Evoque 2020

O novo Evoque é o primeiro modelo a usar o que a Land Rover chama de Premium Transverse Architeture (PTA), a nova plataforma pronta para a eletrificação e que será estendida para modelos como Discovery Sport e o Jaguar E-Pace em suas próximas gerações. Não será agora que veremos um Evoque elétrico ou híbrido, mas a Land Rover adotou um sistema híbrido-leve para o SUV. Baseado em um sistema elétrico de 48V (4 vezes maior que o de carros "comuns"), um gerador está instalado no motor a combustão (o 2.0 turbo Ingenium a gasolina) e a carga é enviada para um conjunto de baterias (14 células de 8Ah cada). Com isso, em velocidades abaixo dos 17 km/h, o motor a combustão pode ser desligado e, em algumas situações, o gerador colabora com o motor para dar mais potência. Esta versão tem 300 cv e 40,8 kgfm.  

Range Rover Evoque 2020
Range Rover Evoque 2020
Range Rover Evoque 2020
Range Rover Evoque 2020
Range Rover Evoque 2020

A versão "normal" usa o motor 2.0 turbo, sem a ajuda do elétrico, com 250 cv e 37,2 kgfm de torque. Em ambos os casos, o câmbio é o ZF automático de nove marchas com tração integral administrada pela segunda geração do sistema Terrain Response e o eixo cardã que pode se desconectar, deixando a tração apenas na dianteira para economizar combustível. Junto com uma estrutura mais rígida e suspensão revisada, inclusive para maior suavidade ao rodar, a capacidade fora-de-estrada do Evoque foi melhorada. Há até um sistema de câmeras Clear Sight, que mostram o que passa embaixo do carro, especificamente antes do eixo dianteiro. 

Falando em câmeras, a Land Rover apresentou o Clear Sight Rear Mirror. Com uma câmera instalada na traseira do carro, o retrovisor interno se transforma em uma tela, com amplitude de visualização superior à do espelho tradicional. 

Range Rover Evoque 2020

Com a nova plataforma, o Evoque ganhou maior espaço interno. São 21 mm a mais de entre-eixos (chegando aos 2.682 mm), para dar mais comodidade principalmente aos joelhos dos ocupantes traseiros. No porta-malas, são 6% a mais de espaço, com 610 litros até o teto, segundo a marca. 

Na lista de tecnologias, temos a nova central multimídia (10") com espelhamento de smartphones (Apple CarPlay e Android Auto), painel de instrumentos digital de 12,3" e botões capacitivos. Assistentes de condução, como piloto automático adaptativo e assistente de faixa, também fazem parte do novo Evoque. 

Preços e versões serão apresentados durante o Salão de Chicago, em fevereiro de 2019. 

Fotos: divulgação

Galeria: Range Rover Evoque 2020