Será apresentado durante o Salão do Automóvel e as entregas começarão no final de novembro

Cada vez mais dedicado à eletrificação, o Grupo BMW anuncia o início da pré-venda do Mini Cooper S E Countryman ALL4, o primeiro híbrido plug-in da marca Mini. Custará R$ 199.990 e já pode ser encomendado nas concessionárias de todo o país, com entregas agendadas a partir de 26 de novembro. O modelo será um dos destaques da fabricante em seu estande no Salão do Automóvel de São Paulo, entre os dias 8 e 18 de novembro.

O Mini Cooper S E Countryman ALL4 conta com dois motores. O principal é o 1.5 turbo de três cilindros, que gera 136 cv e  22,4 kgfm de torque, o mesmo usado nas versões Cooper e Cooper ALL4, combinado a um câmbio automático de 6 marchas. A diferença está no segundo motor, um elétrico de 88 cv. Juntos, eles geram 224 cv e, pelo sistema antigo de medição na Europa, tinha rendimento médio de 47,7 km/l e autonomia de 500 km. É capaz de rodar apenas com as cargas das baterias por até 40 km e, por ser um plug-in, pode usar uma tomada para abastecer as baterias.

Mini Cooper S E Countryman ALL4 2017 - Teste Motor1 França
Mini Cooper S E Countryman ALL4 2017 - Teste Motor1 França

Para quando o motorista não estiver tão preocupado com o consumo, o Mini híbrido é capaz de acelerar até 100 km/h em 6,8 segundos, usando a combinação dos dois motores. O modelo tem tração nas quatro rodas, sendo que o motor a combustão é responsável por mover as rodas dianteiras, enquanto o elétrico impulsiona as traseiras. A fabricante diz que é simples mudar o modo de condução, usando um seletor dedicado.

Mini Cooper S E Countryman ALL4 2017 - Teste Motor1 França

Embora não tenha revelado a lista de equipamentos completa, a fabricante diz que o Mini Cooper S E Countryman ALL4 vem com head-up display, central multimídia com Apple CarPlay e GPS, sistema de som Harman-Kardon, faróis full-LED direcionais, câmera de ré e mais.

Fotos: Motor1.com

Galeria: Mini Cooper S E Countryman ALL4 2017 - Teste Motor1 França