Além de corrida perfeita, inglês teve sorte ao ver Vettel bater após chuva que atingiu o circuito de Hockenheim

O GP da Alemanha deste domingo (22) em Hockenheim foi recheado de drama. A corrida se iniciou parecendo que seria um passeio tranquilo para o piloto da casa, Sebastian Vettel, que saiu da pole e remava livre para a sua segunda vitória da carreira em seu país.

No entanto, tudo mudou a 15 voltas do fim. Com uma chuva intermitente que aos poucos deixou a pista escorregadia, o alemão acabou errando, saindo da pista no estádio e abandonando a prova.

Isso trouxe o Safety Car à corrida, e deu a Lewis Hamilton - que saiu em 14º e se utilizou de uma tática diferente após ter tido problemas na classificação de sábado – o primeiro lugar após o britânico decidir na última hora não ir para os pits trocar seus pneus. O piloto chegou a entrar no pit lane, mas acabou saindo pela grama para continuar na pista.

 

E no fim, mesmo com um ataque de Valtteri Bottas após o Safety Car, Hamilton segurou seu primeiro lugar e venceu sua quarta corrida no ano – sua 66ª vitória na carreira. Agora Hamilton lidera o mundial com 17 pontos de vantagem para Sebastian. O piloto do carro 77 fechou a dobradinha para a equipe alemã, com Kimi Raikkonen logo atrás.

O melhor do resto foi Nico Hulkenberg, que chegou em quinto lugar, à frente de Romain Grosjean, e das Force Indias de Sergio Perez e Esteban Ocon.

A zona de pontos foi fechada por Marcus Ericsson e Brendon Hartley.

Saindo de 19º, Daniel Ricciardo havia se recuperado até o sexto lugar até a volta 29, quando acabou ficando sem potência e abandonou a corrida.

Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, e Max Verstappen, Red Bull Racing RB14

A corrida

Na largada, as cinco primeiras posições permaneceram inalteradas. Vettel pulou na frente enquanto Kimi foi pressionado por Max Verstappen nas primeiras curvas. Hulkenberg ganhou a posição de Grosjean. Hamilton recuperou apenas uma posição na primeira volta.

O top-10 era Vettel, Bottas, Raikkonen, Verstappen, Magnussen, Hulkenberg, Grosjean, Perez, Sainz e Leclerc.

Hamilton foi subindo aos poucos, passando por Ocon, Alonso, Leclerc, Sainz, Grosjean e Perez antes da volta dez. Ele assumiu a sexta posição na volta 11. Três voltas mais tarde ele foi para quinto, passando Magnussen.

Kimi Raikkonen foi o primeiro a ir para os pits, parando na volta 15. Ele voltou exatamente à frente de Hamilton, indo dos pneus ultramacios para os macios.

Nas voltas seguintes, os pilotos das equipes médias passaram a ir aos pits, o que fez RIcciardo, que saiu de 19º, ir para sexto.

Vettel entrou nos pits na volta 26 e saiu em quarto, atrás de Kimi e à frente de Hamilton. Bottas entrou duas voltas depois, enquanto Daniel Ricciardo deixava a prova após sofrer problemas mecânicos.

Veja classificação do Campeonato Mundial de Fórmula 1 2018

Na volta 34, Vettel, em segundo atrás de Kimi, reclamou pedindo ordem de equipe para que o finlandês saísse da sua frente. O alemão era claramente mais rápido, mas não conseguia passar o finlandês.

Cinco voltas depois, Kimi recebeu uma ordem expressa dos boxes para deixar Sebastian passar.

Hamilton fez sua única parada na volta 43. A chuva, prevista desde o início da corrida, chegou mas com pouca intensidade. Mesmo assim, Verstappen, Leclerc, Gasly e Alonso colocaram pneus de intermediários, o que se mostrou a decisão errada.

Sebastian Vettel; Ferrari SF71H bateu e perdeu liderança

Só que a chuva passou a aumentar, o que fez Sebastian Vettel errar no estádio a 15 voltas do fim e bater, trazendo o Safety Car à pista. Com Bottas indo para o box e Hamilton ficando na pista.

Na relargada, o top-5 era Hamilton, Bottas, Raikkonen, Verstappen e Hulkenberg.

Nas últimas voltas, Hamilton abriu do resto e rumou para a vitória em Hockenheim.

A próxima etapa ocorre na semana que vem, na Hungria.

Resultados do GP da Alemanha 2018 de F1

Pos # Piloto Equipe Motor V Tempo Diferença Intervalo Pontos
1 44 United Kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 67 1:32'29.845     25
2 77 Finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 67 1:32'34.380 4.535 4.535 18
3 7 Finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 67 1:32'36.577 6.732 2.197 15
4 33 Netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 67 1:32'37.499 7.654 0.922 12
5 27 Germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 67 1:32'56.454 26.609 18.955 10
6 8 France Romain Grosjean  Haas Ferrari 67 1:32'58.716 28.871 2.262 8
7 11 Mexico Sergio Pérez  Force India Mercedes 67 1:33'00.401 30.556 1.685 6
8 31 France Esteban Ocon  Force India Mercedes 67 1:33'01.595 31.750 1.194 4
9 9 Sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 67 1:33'02.207 32.362 0.612 2
10 28 New Zealand Brendon Hartley  Toro Rosso Honda 67 1:33'04.042 34.197 1.835 1
11 20 Denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 67 1:33'04.764 34.919 0.722  
12 55 Spain Carlos Sainz Jr.  Renault Renault 67 1:33'12.914 43.069 8.150  
13 2 Belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Renault 67 1:33'16.462 46.617 3.548  
14 10 France Pierre Gasly  Toro Rosso Honda 66 1 vuelta 1 vuelta 1 vuelta  
15 16 Monaco Charles Leclerc  Sauber Ferrari 66 1 vuelta 1 vuelta 0.000  
16 14 Spain Fernando Alonso  McLaren Renault 65 1 vuelta 2 Vueltas 1 vuelta  
  18 Canada Lance Stroll  Williams Mercedes 53 14 vueltas 14 Vueltas 12 Vueltas  
  5 Germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 51 16 vueltas 16 vueltas 2 Vueltas  
  35 Russian Federation Sergey Sirotkin  Williams Mercedes 51 16 vueltas 16 vueltas 0.000  
  3 Australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 27 40 vueltas 40 vueltas 24 Vueltas  

Galeria: GP da Alemanha: Hamilton vence após largar da 14ª posição