Agora dá para ter retrovisor elétrico nas versões MPI e MSI

O configurador do site da Volkswagen já mostra o hatch Polo 2019, que ficou ligeiramente mais caro. Até a versão MPI, de entrada, que tinha escapado do aumento de março, desta vez não conseguiu sair ilesa. Foi de R$ 49.990, valor que era praticado desde o seu lançamento, para R$ 50.490. 

VW Polo 1.0 MPI

Leia também:

Ao menos, o Polo enfim ganhou um opcional muito pedido pelos consumidores. O retrovisor elétrico, que não era oferecido nem na versão 1.6 MSI, entra no pacote "Connect Pack", que custa R$ 3.799 e adiciona as rodas de 15", sensor de estacionamento traseiro, sistema multimídia Composition Touch, computador de bordo e volante multifuncional. No lançamento, este pacote custava R$ 2.600. O Safety Pack (computador de bordo, ESP, controle de tração, diferencial blocante e assistente de partida em rampas) continua sendo oferecido por R$ 1.377, antes R$ 1.050. Ou seja, ter o Polo 1.0 MPI completo foi de R$ 53.640 para R$ 55.666. Já o MSI, com os mesmos opcionais (com o pacote Interatividade mais barato por já ter computador de bordo de série, de R$ 3.405), também teve seu preço aumentado de R$ 56.090 para R$ 56.990. Completo, vai a R$ 61.772.

 
Versão Preço anterior Preço atual Diferença
Polo 1.0 MPI R$ 49.990 R$ 50.490 R$ 500

Polo 1.6 MSI

R$ 56.090 R$ 56.990 R$ 900
Polo Comfortline 200 TSI R$ 67.150 R$ 67.990 R$ 840
Polo Highline 200 TSI R$ 71.760 R$ 72.990 R$ 1.230

As versões 1.0 TSI Comfortline e Highline também não escaparam, ficando R$ 840 e R$ 1.230 mais caras, respectivamente. Colocar um Polo Highline completo na garagem custa hoje R$ 79.052, contra R$ 77.290 no lançamento, sem os bancos em couro oferecidos na época por R$ 800. 

Ainda não foi desta vez que a versão 1.6 MSI ganhou câmbio automático, mas isso deve acontecer no segundo semestre, junto com o Virtus.

Fotos: arquivo Motor1.com 

Gallery: Teste VW Polo 1.0 MPI