"Não está nos nossos planos", disse o chefão Sergio Marchionne

Levantados na semana passada pela imprensa dos Estados Unidos, os rumores que davam conta do lançamento de uma nova geração para o icônico Dodge Viper não duraram mais do que poucos dias. Em entrevista concedida recentemente na Itália, o chefão Sergio Marchionne detalhou as ações estratégia do grupo FCA para os próximos 5 anos e negou veementemente a ideia de uma nova linhagem para o superesportivo. "Não está nos nossos planos", disse.

Novidades FCA:

Descontinuado em 2017, o Viper não retornará ao mercado justamente pelo fato de ter fracassado comercialmente. Na prática, a geração lançada em 2012 nunca alcançou o sucesso esperado pela marca e ficou muito atrás do rival Corvette em termos de vendas. Marchionne chegou até a dar um último fio de esperança para os fãs ao afirmar que "ficaria feliz se a FCA encontrasse uma maneira de fazê-lo [em nova geração]", mas as chances são mínimas.

Dodge Viper - Fim da produção

A ideia do executivo para a Dodge é apostar nos modelos Charger e Challenger, dando-lhes condições de enfrentar a concorrência com mais competitividade. Foi confirmado, por exemplo, que ambos serão construídos na próxima geração sobre a mesma plataforma de hoje, porém profundamente retrabalhada. Até então, a ideia era usar a base do Maserati Ghibli (solução que parece não ter sido bem recebida pelos diretores norte-americanos).

 

De todo modo, é certo que apesar de não contar com a representatividade e o peso do nome Viper, a Dodge será cada vez orientada para ser uma marca de performance.

Fonte: Road & Track

Galeria: Dodge Viper - Fim da produção