Novo modelo será apresentado em abril na Argentina

Após 20 anos de produção, a Renault finalmente encerra a fabricação do Kangoo, utilitário produzido em Santa Isabel (Argentina) e que abastecia nosso mercado. Finalmente irá trocar de geração, com a chegada de uma versão Renault do Dacia Dokker, que será fabricado em seu lugar e tem apresentação marcada para abril. No Brasil, deve aparecer somente em 2019.

Leia também:

O Kangoo era um dos veículos mais antigos ainda em produção na Argentina. A Renault não teve pressa nenhuma para trocar o modelo, investindo até em uma reestilização para mantê-lo mais tempo no mercado. O investimento de US$ 800 milhões feito pela Renault-Nissan no complexo em Santa Isabel ajudou que ganhasse força para mudar, com US$ 100 milhões dedicados somente ao utilitário.

Galeria: Renault Dokker ou novo Renault Kangoo?

Seguirá o mesmo caminho que outros veículos da Renault na América Latina, adaptando um modelo da Dacia, seu braço romeno. Neste caso, será o Dacia Dokker. A marca manterá o nome Kangoo, já consolidado na região, apenas trocando o logotipo. Será equipado com o motor 1.6 SCe de 110 cv e o 1.5 dCi turbodiesel de 90 cv. Segundo o site CarsDrive Córdoba, já está em produção desde fevereiro.

No Brasil em 2019

Apesar do Kangoo vendido no Brasil ser o argentino, o lançamento nacional levará mais um tempo. Durante o evento de inauguração do complexo Curitiba Injeção de Alumínio, que irá produzir o bloco e cabeçote de alumínio do motor 1.6 SCe, executivos da marca disseram que o único lançamento deste ano será a picape Alaskan, que será apresentada em novembro.

Renault Dokker ou novo Renault Kangoo?

Não que precisem ter pressa para lançar. O Renault Kangoo fechou 2017 como o segundo furgão pequeno mais vendido, com 1.254 unidades. Está muito longe do líder, o Fiat Fiorino, que fechou o ano passado com 10.947 unidades.

Fonte: Argentina Autoblog
Fotos: Divulgação

Galeria: Renault dá sobrevida ao Kangoo na Argentina com nova reestilização