Versão vendida em países como Índia e China terá praticamente o mesmo visual da variante nacional

Apresentada no Brasil em dezembro de 2016, a reestilização do Hyundai Creta não deve demorar mais do que poucos meses para ser adotada também por versões vendidas em outros países. É o caso, por exemplo, da variante asiática, que chegou ao mercado em meados de 2015 e será remodelada seguindo os passos do facelift brasileiro ainda neste ano. As alterações serão concentradas basicamente na dianteira, com direito a novidades no formato da grade, desenho do para-choque e molduras dos faróis de neblina. Na traseira, haverá apenas modificações na disposição das luzes das lanternas.

Leia também:

Hyundai Creta Rússia
Hyundai Creta - 3 mil unidades por mês

Importante produto da Hyundai na Índia e na China (único país onde é batizado como ix25), o Creta asiático concorre diretamente com rivais locais como Suzuki S-Cross, Honda BR-V e Nissan Terrano, mas também com modelos globais e conhecidos dos brasileiros - leia-se Renault Captur e Ford EcoSport. No mercado indiano, é vendido com motores 1.4 e 1.6 a diesel, além de um 1.6 movido a gasolina. Dependo da versão, o câmbio pode ser manual de 5 marchas ou automático de 6 velocidades. A tração é apenas dianteira, como aqui.

O lançamento por lá deverá acontecer na segunda metade deste ano e, além do visual, há expectativa sobre a chegada de novas versões - quem sabe até uma variante de apelo esportivo como a Sport oferecida no Brasil.

Fotos: Divulgação

Galeria: Hyundai Creta Sport