Modelo chegará ao mercado em 2019, fruto de um investimento de mais de US$ 2,2 bilhões

Apesar de ainda nem sequer ter sido reestilizado no Brasil, o Volkswagen Golf VII já tem data marcada para pendurar as chuteiras e se aposentar na Europa. Em anúncio realizado nesta semana junto a executivos e fornecedores, a própria marca anunciou os planos para a próxima geração e confirmou as datas e os valores dos investimentos que envolvem o projeto. Ao todo, o chamado Golf VIII consumirá o montante de US$ 2,2 bilhões para ter seu desenvolvimento concluído e começará a ser fabricado em junho de 2019. Como já acontece hoje, toda a produção para a Europa será concentrada na planta alemã de Wolfsburg, que passará por ampliações.

Leia também:

Veículo mais importante comercializado pela VW (são mais de 35 milhões de unidades emplacadas ao longo da história), o Golf chegará à oitava encarnação com a missão de repetir o sucesso das linhagens anteriores. A expectativa dos alemães é tão grande que, apesar de a estreia estar programada apenas para meados do ano que vem, cerca de 80% dos contratos com fornecedores já foram fechados. "Todo o trabalho está bem encaminhado", diz um porta-voz.

Volkswagen Gen.E research vehicle

Informações detalhadas sobre o projeto, porém, ainda são mantidas sob forte sigilo. Apenas um singelo esboço foi divulgado até agora, sugerindo a silhueta de uma possível carroceria de 3 portas. Ainda é muito cedo para cravar a escolha por uma pegada mais ousada no design, tendo em vista a preferência da marca por projetos evolutivos. Certo mesmo é que a plataforma modular MQB passará por modernizações e a oferta de versões com propulsão híbrida e elétrica (como os modelos GTE e e-Golf) será ampliada.

Fotos: Divulgação

Galeria: VW Golf 8 teaser