Desvendamos como será a próxima geração do Mercedes de entrada

Depois de algumas imagens de flagras bem reveladoras no mês passado, o desenho final da próxima geração do Mercedes-Benz Classe A não é mais tão segredo. Mas agora estamos mostrando mais que isso. Nossos colegas do OmniAuto, o braço italiano do Motor1.com, fizeram uma projeção bem detalhada do modelo de entrada da marca alemã, mostrando como ele deverá ser quando for mostrado no ano que vem. 

Como antecipado pelos flagras, o Classe A será bastante inspirado no desenho do novo CLS. De fato, o "coupé de 4 portas" da Mercedes emprestará seu desenho para diversos veículos da marca nos próximos anos, por conta de ter inaugurado a nova filosofia de estilo da empresa. 

O novo Classe A usará a nova plataforma MFA da marca, o que significa um ganho em termos de espaço interno e menor peso. Ele também servirá ao primeiro Classe A Sedan, posicionado abaixo do CLA, sendo mais acessível e prático. 

Na parte de motores, o hatch deverá receber o novo 1.3 turbo, desenvolvido em parceria pela Renault e Daimler. São três opções, com 116 cv, 140 cv e 163 cv, com torque desde 22,4 kgfm até 26,5 kgfm. 

Novo Mercedes-Benz Classe A sem camuflagem
Novo Mercedes-Benz Classe A sem camuflagem

Dois outros motores a gasolina são esperados. Além do 1.6 turbo, o 2.0 turbo terá 405 cv e estará no A45 AMG (haverá também um A35, menos potente, para ser o novo carro de entrada da gama AMG). Naturalmente, o mercado europeu terá opções turbodiesel, além de um híbrido em desenvolvimento. 

De acordo com detalhes preliminares, veremos o novo Classe A no Salão de Genebra, em março de 2018. O primeiro a ser lançado é o hatch com 5 portas, seguido pelo sedã e pelo A45 em 2019. 

Projeção: OmniAuto

Galeria: Flagras - Próxima geração do Classe A