Sedã patrulheiro roda até 34 km usando apenas eletricidade

A Ford anuncia nesta semana o lançamento de uma nova variante do sedã Fusion destinada exclusivamente para uso policial. Desenvolvida pela divisão especial de preparações da marca, a novidade toma como base a versão híbrida plug-in Energi e recebeu o longo batismo de "Special Service Plug-In Hybrid Sedan".

Sob o capô, usa motor 2.0 de ciclo Atkinson que trabalha em conjunto com um bloco elétrico e uma bateria de íons de lítio de 7,6 kWh. De acordo com dados de fábrica, a autonomia é de 805 km, sendo 34 km percorridos apenas usando eletricidade. Para recarregar o conjunto, são necessárias 2 horas em uma tomada específica ou 7 horas em um dispositivo convencional de 110 volts.

Leia também:

A nova viatura adota estilo bem mais convencional que o Fusion Hybrid já usado por policiais de Los Angeles e de Nova York. Não há, por exemplo, adesivos colados na carroceria, sirene no teto, rodas de ferro ou quebra-mato instalado no para-choque. A discrição se faz presente em sutis luzes de identificação na grade e no para-brisa - nada além disso. O motivo é proposital, para uso por detetives ou policiais em missões sigilosas. Por dentro, os assentos revestidos em vinil facilitam a limpeza e abas específicas garantem maior conforto a bordo. Completam o pacote sistemas de rádio e comunicação exclusivos, além de navegação GPS.

Special Service Plug-In Hybrid Sedan

Ford líder em viaturas

Entre as grandes montadoras dos Estados Unidos, a Ford é a que mais fornece viaturas ao governo. Só no ano passado, a marca entregou 43 mil veículos, abrangendo 60% deste mercado. Além do Fusion, a empresa desenvolve preparação semelhante para outros três modelos: a F-150 Police Responder, o Explorer Police Interceptor Utility, o Taurus Police Interceptor Sedan e o Fusion Police Responder Hybrid Sedan. A van Transit e o SUV Expedition também recebem tratamento específico. 

Fotos: divulgação

Galeria: Ford Fusion - Special Service Plug-In Hybrid Sedan