Com 7 anos de vida, modelo só deve voltar ao mercado em 2020 ou 2021

O lançamento da reestilização do descolado C4 Cactus acaba de resultar em modificações no portfólio europeu da Citroën. Em entrevista concedida à revista britânica Autocar, o chefe de planejamento de produto da PSA, Xavier Peugeot, confirmou que o hatchback C4 deixará de ser produzido em breve para dar lugar na linha, justamente, ao renovado Cactus. Com 7 anos de projeto, o modelo já não é mais tão tecnológico quanto os principais rivais. Ainda assim, sai de cena com a promessa de voltar inteiramente remodelado e em nova geração - por volta de 2020 ou 2021.

Leia também:

"O C4 atual é um projeto de sete anos de idade e nós precisávamos tomar uma decisão. Pararemos sua produção e o C4 Cactus assumirá o seu lugar", disse o executivo durante a entrevista. A ideia não pegou o mercado completamente de surpresa, uma vez que o refinamento dado ao Cactus na linha 2018 já prenunciava a mudança estratégica. O modelo recebeu mudanças significativas no visual e foi o primeiro Citroën de produção a adotar a nova suspensão hidráulica da marca, capaz de oferecer conforto e comportamento dinâmico extra na comparação com sistemas tradicionais.

2015 Citroen C4 facelift

À venda no mercado global desde 2010, o C4 Hatch passou longe das concessionárias da marca no Brasil. Na geração passada, chegou a ser vendido nas versões convencionais e importado até nas ousadas VTR e VTS, mas na linhagem atual tivemos apenas o Lounge (sedã), produzido na Argentina.

Fonte: Autocar
Fotos: Divulgação

Galeria: Citroën C4 Hatch- Europa