Este Alfa seria um bom concorrente para os DTM modernos da Audi, BMW e Mercedes-Benz

Esta maravilhosa projeção da Rc-workshop faz uma bela atualização do visual de sucesso da Alfa Romeo nas corridas de Touring Cars em meados dos anos 1990. Usando o moderno Giulia com o layout clássico da Martini Racing vindo do 155 V6 TI, podemos imaginar como ficaria o mais recente sedã esportivo da casa italiana ficaria para o DTM, a competição de carros alemã. 

O 155 V6 TI foi o Touring Car de destaque na Europa de sua era. A versão preparada para as pistas usava um 2.5 V6 girador com tração integral. As maiores vitórias aconteceram durante a competitiva era da DTM contra a Mercedes-Benz e a Opel. O potente conjunto deu a vitória para Nicola Larini em 10 das 20 corridas durante 1993, o que foi suficiente para o título de pilotos para ele e o de fabricantes para a Alfa Romeo. Ele terminou em terceiro em 1994 e em quarto na série de 1995. 

Leia também:

Os primeiros 155 TI V6 usavam a temática da Alfa em sua carroceria, pintados em vermelho com o famoso emblema em branco no capô. Mais tarde, a Martini Racing entrou como patrocinadora, e os carros receberam a pintura em vermelho, branco, azul e roxo, como o da projeção. 

É divertido sonhar, mas não há chances de um Giulia aparecer nas pistas em roupagem da Martini Racing como esta projeção. A Alfa oferece uma versão de competição do Giulia para o TCR Series, mas não há ecidências que o sedã esportivo da marchas irá participar de algo oficialmente pela Alfa tão cedo. Mas ele seria um bom competidor, já que o Giulia Quadrifoglio foi capaz de ter o tempo recorde em Nürburgring Nordscheleife de sua categoria, batendo inclusive modelos maiores, como o Porsche Panamera Turbo. 

Foto: Rc-chop