Crossovers já respondem por quase 50% das vendas das marcas em alguns mercados

Apesar de terem crescido consideravelmente nos últimos anos, as linhas de SUVs de BMW e Mercedes-Benz devem ganhar ainda mais membros no futuro. Em entrevistas concedidas durante o Salão de Detroit, executivos de ambas as marcas defenderam o desejo de ampliar o portfólio de crossovers e, consequentemente, acompanhar a tendência do mercado de dar preferência a este segmento.

 

BMW X1: Database

 

Em 2016, as duas marcas viram as vendas de automóveis caírem sensivelmente em algumas categorias, enquanto as de SUVs só subiram. No mercado norte-americano, por exemplo, os utilitários já respondem por 42% das vendas da BMW e 47% das da Mercedes. Em 2015, o mix era de 33% e 40%, respectivamente.

 

2017 Mercedes GLA restylé

Para os próximos anos, a tendência é que esta cota cresça ainda mais, dada a chegada de novos modelos. A marca da Baviera já prepara para o ano que vem o lançamento do grandalhão X7 (topo de gama com espaço para sete lugares), enquanto a fabricante da estrela de três pontas avalia novas possibilidades.

Leia também:

Fotos: divulgação