Além de ajudar as vítimas do terremoto de agosto na Itália, LaFerrari se tornou o carro mais caro produzido no século XXI até aqui

Final feliz para um exemplo bonito de solidariedade. O Ferrari LaFerrari de número 500, que só nasceu para ajudar as vítimas do terremoto de agosto na Itália, foi leiloado no sábado (3/12/16) em Daytona, nos EUA, por US$ 7 milhões, o equivalente a R$ 24,25 milhões. Além de ajudar as cidades devastadas, especialmente Amatrice, o LaFerrari 500 bateu o recorde de valor para carros fabricados no século 21.

O hipercarro híbrido tem uma pintura especial, com uma bandeira italiana no bico, lembrando que ele é um presente da marca a seu país de origem, e uma linha branca em torno dela que se estende pelo centro do capô dianteiro, morre em direção ao habitáculo e ressurge em torno do vidro que deixa seu motor  V12 de 6,3 litros de 800 cv à mostra. Ele também traz uma placa comemorativa, provavelmente descrevendo sua história.

Leia também:

Não bastasse este LaFerrari ser o último produzido na história, o que já o tornaria item de colecionador sem muito esforço, ele ainda nasceu apenas por conta de uma causa nobre. US$ 7 milhões é muito dinheiro, sem dúvida, mas pode apostar que este carro vai virar investimento. Dentro de alguns anos, ele poderá ser revendido por muito, muito mais do que isso. O que mostra que ajudar aqueles que precisam pode oferecer mais recompensas do que apenas a satisfação pessoal de fazer a diferença.

 

 

O LaFerrari 500