Argentina já fabrica duas vezes mais picapes que o Brasil

Uma semana após o anúncio oficial da parceria entre Renault-Nissan e Mercedes-Benz para fazer suas picapes em Santa Isabel, Córdoba, na Argentina, começam a surgir mais informações e detalhes do investimento de US$ 600 milhões. Com a Nissan deixando de ser um simples importador para se tornar uma fabricante de peso no mercado automotivo da Argentina, a marca japonesa será responsável por fornecer a tecnologia e a experiência para o desenvolvimento de caminhonetes no país.
Argentina já fabrica duas vezes mais picapes que o Brasil
Segundo análise das três empresas aliadas, a fabricação de automóveis na Argentina atingirá a marca de 1 milhão de veículos por ano até 2020. E desse montante, 400.000 serão picapes médias. Em 2014, foram fabricadas 131 mil picapes médias na Argentina, contando os modelos Ford Ranger, Toyota Hilux e Volkswagen Amarok. Este número representa o dobro de picapes fabricadas no Brasil, onde atualmente são produzidos os modelos Chevrolet S10, Mitsubishi L200 e Nissan Frontier.
Argentina já fabrica duas vezes mais picapes que o Brasil
"A Argentina hoje produz o dobro de picapes que o Brasil, e esse número vai passar a ser três vezes maior, superando o México", afirmou José Luis Valls, presidente da Nissan América Latina. Galeria de fotos:

Argentina já fabrica duas vezes mais picapes que o Brasil