Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima

Ao vivo o Kia Optima enche aos olhos. Seu visual arrojado possui um toque de esportividade raro no segmento. Mas e ao volante? Para responder esta pergunta, à convite da Kia rodamos cerca de 230 quilômetros com o carro, sendo parte deste total ao volante. Confira as impressões ao dirigir o Kia Optima.
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
Ainda sobre o visual, o Kia Optima é um sedã que chama a atenção por onde passa. No trajeto do test drive, foram diversas as situações que outros motoristas diminuíam a velocidade para apreciar o Optima passando. Motociclistas se contorciam para dar uma olhada mais generosa. Bem, neste quesito, o comprador do Optima estará bem servido.
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
Na parte interna, o acabamento é impecável, no entanto, seu visual é bem mais despojado do que sofisticado. O painel tem um desenho que privilegia a ergonomia, levemente inclinado para o motorista e com linhas, que segundo a marca, sugerem a sensação da cabine de um avião.
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
O volante, revestido em couro e com boa empunhadura, conta com os controles do sistema de som, controlador da velocidade de cruzeiro (piloto automático), botão de ativação do modo ECO e da função Trip (distância) do computador de bordo. Conectividade bluetooth não está disponível nesta versão. No console central, os comandos do ar condicionado digital de duas zonas estão bem posicionados. O mesmo vale para os comandos do sistema de som mais acima. Ciente da necessidade, a Kia já promete a chegada de GPS para os próximos meses.
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
Para o motorista, o banco possui regulagem elétrica de distância, altura e lombar, além de também contar com três posições de memória. O revestimento em tom claro ajuda a realçar o já amplo espaço interno. Para os passageiros de trás, além do bom espaço para as pernas, o Optima também conta com saídas de ar condicionado direcionais no console central. Um quinto ocupante também "cabe", mas terá que andar no ressalto do meio do banco e utilizar o cinto de dois pontos.
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
Ao volante Ao assumir o volante do Kia Optima, algumas virtudes começam a ficar nítidas. O rodar é suave, praticamente não se ouve o trabalho do motor, no entanto, é possível ouvir o barulho das rolagens dos pneus de forma mais acentuada do que a esperada para um carro deste segmento. As trocas de marchas ocorrem de forma imperceptível. Se o visual esbanja esportividade, ao acelerar as coisas são um pouco diferentes. Debaixo do capô o motor Theta II de 2.4 litros e 16 válvulas de 180 cavalos de potência e torque de 23,6 kgfm é suficiente para conferir um bom desempenho, mas sem empolgação. Digamos que o Optima oferece um estilo de condução mais "tiozão".
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
Para quem gosta de uma condução mais esportiva, poderá saciar a sua vontade utilizando as borboletas no volante para esticar mais as marchas. Mesmo com o desempenho menos arisco do que propõe o visual, as retomadas são satisfatórias e conferem segurança ao motorista para uma ultrapassagem. Dirigindo em estradas públicas, o Optima ofereceu um bom comportamento dinâmico rodando a 120 km/h, com inclinação mínima da carroceria em curvas mais acentuadas e nas frenagens. Além disso, o motorista também conta com o apoio dos controles eletrônicos de tração (TCS) e estabilidade (ESP) e dois freios a disco nas quatro rodas com ABS e EBD.
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
A direção com assistência hidráulica progressiva oferece respostas muito diretas. O lado positivo é que esta configuração oferece mais conforto em manobras do dia a dia e em baixas velocidades, mas em contra-partida parece leve demais em velocidades mais elevadas, fato que pode incomodar algumas pessoas.
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
Outro item testado foi o Eco System. Disponível em todas as versões, quando acionado, o item altera algumas configurações do conjunto mecânico e do ar-condicionado, visando reduzir o consumo de combustível, que segundo a marca pode chegar a até 9% de economia. Ao acioná-lo, a mudança no comportamento do carro é mínima e durante o teste não constatamos uma alteração no desempenho.
Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima
No geral, o conjunto agrada. Quem busca um carro diferente, com visual muito moderno e esportivo encontra no Kia Optima uma opção interessante. No mercado brasileiro, seus concorrentes diretos são o Hyundai Sonata e Ford Fusion, o qual chegará em nova geração nos próximos meses. Os concorrentes das marcas premium alemãs oferecem o status da marca com preço ligeiramente superior, mas a lista de itens de série não é tão completa quanto a do Optima. Não fosse a alta do IPI para carros importados, possivelmente o custo x benefício do Optima seria ainda melhor. Galeria de Fotos: Kia Optima

Impressões ao dirigir: Novo Kia Optima

Foto de: Fábio Trindade