Primeiras impressões: Volkswagen Touareg 2018 é o ápice da marca

Sinal dos tempos: o novo modelo que representa o topo de linha da Volkswagen não é mais o sedã Arteon. No seu lugar, esta honra agora pertence ao novo Touareg. Enfrentará uma competição forte, pois irá disputar espaço com as marcas de luxo, inclusive brigando internamente, já que está no mesmo segmento do Audi Q7. A terceira geração do SUV vem com tantos equipamentos que usará a tecnologia como argumento de venda.

O que é?

A Volkswagen vendeu mais de 45 mil unidades do Touareg no Reino Unido desde o lançamento em 2003 - e muito mais do que isso globalmente. A nova versão quer um pedaço maior do bolo, então a Volkswagen colocou o que tem de melhor no SUV. Usa a plataforma emprestada do Audi Q7, Bentley Bentayga e Lamborghini Urus - então está em boa companhia. Apesar de estar maior do que antes, ele pesa 106 kg menos graças à sua carroceria, que agora é feita com 48% de alumínio.

É bem elegante, não acha? Embora a frente seja dominada pela grande grade cromada colada aos faróis, o restante do SUV é mais sóbrio que alguns rivais. Vincos leves e curvas suaves criam um aspecto mais robusto sem tentar desesperadamente chamar a atenção de todo mundo à sua volta. Claro, é um pouco mais chamativo do que seu predecessor, mas mantém um senso de maturidade. Alguns podem argumentar que o modelo deveria ser um exemplo de design, mas aqueles que não gostam de pinturas chamativas ou rodas cromadas enormes vão valorizar a sinceridade do Touareg em não se esconder atrás de um design espalhafa...