O trio mais desejado do nosso mercado finalmente se encontra. Qual o melhor SUV médio?

Não tem como estar com Jeep Compass, Toyota Corolla Cross ou VW Taos na garagem e não ouvir alguém perguntar se um é melhor que o outro. Afinal, desde o começo de 2021 que este comparativo é o mais esperado e, depois de muito trabalho, cruzamento de agendas e horas no telefone, aqui estão eles reunidos em suas versões topo de linha: Jeep Compass S, Toyota Corolla Cross XRX Hybrid e a novidade do momento, o VW Taos Launch Edition. 

Inegável que a Toyota e a Volkswagen marcaram seus alvos no Jeep Compass ao decidirem projetar e lançar o Corolla Cross e o Taos não só no Brasil, mas outros mercados onde o Compass tem relativo sucesso, como nos Estados Unidos. E não a toa que reunimos as suas versões mais caras (a não ser do Compass, com as turbodiesel ainda acima), que oferecem o máximo de tecnologias e motorização disponíveis em cada um e perto dos R$ 200 mil. 

Jeep Compass S 1.3T (R$ 198.990)

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

Vamos começar pelo "alvo", o líder do segmento que se renovou em abril deste ano. Com o Compass, estreou o motor 1.3 turbo da Stellantis, o T270, que tirou de cena o antigo 2.0 Tigershark e deu outra vida ao SUV. A versão S, antes 2.0 turbodiesel, se rendeu ao novo motor flex e ficou posicionada como a mais completa da linha.

Além das mudanças feitas principalmente na dianteira, o Compass S adota a pintura nos apliques dos para-lamas e nas rodas de 19" para ter um ar mais "urbano". A Jeep até entrou na onda do cinza com o Sting Gray e, mesmo sendo o mais "antigo" do trio, é o que mais chama a atenção pelo visual - e com certeza pela referência premium que a Jeep criou desde os anos 1990 em nosso mercado, mesmo hoje sendo produzido no Brasil. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

Com a reestilização, o Compass se afastou do irmão menor, o Renegade, e se aproximou dos maiores, como o Cherokee, principalmente em acabamento. O que já era bom antes, ficou ainda mais cuidado e detalhado. Há pouco plástico rígido, apostando em materiais suaves ao toque e a mistura entre preto (no caso da versão S, também nas colunas e forro do teto), alumínio e preto brilhante. É o que mais impressiona dos três SUVs, ainda mais com a central multimídia flutuante com tela de 10,1" de alta resolução e o painel de instrumentos de 10,25" totalmente digital aliado com o novo volante, forrado em material de boa qualidade. 

O Compass não se destacaria em um comparativo desse se não fosse a troca do motor. Sai o 2.0 Tigershark que ficou com a fama de "beberrão" e entra em seu lugar o esperado 1.3 turbo da família Firelfy GSE, produzido em Betim (MG) com turbo, injeção direta e comando de válvulas de admissão com o sistema MultiAir. É o mais potente e com mais torque dos três aqui, com até 185 cv e 27,5 kgfm de torque.

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

Isso melhorou e muito o comportamento do Compass. A força em baixas rotações levam o SUV de 1.589 kg com uma certa tranquilidade, apesar de perceber que o consumo não é o melhor em situações de anda e para justamente pela saída inicial de todo esse peso, apesar do Compass ser o menor do comparativo em comprimento. Em nosso teste, o Jeep registrou 8 km/litro na cidade, que poderia ser melhor se fosse um carro mais leve. Na estrada, onde esbanja força e conversa bem com o câmbio automático de 6 marchas para manter as rotações baixas e na faixa de torque, foram 9,1 km/l, sempre com etanol. 

De fato, o Jeep Compass é o mais rápido do trio, mas com o VW Taos "na bota". A potência extra resultou em aceleração de 0 a 100 km/h em 9,1 segundos e retomada de 40 a 100 km/h em 6,9 segundos, bons números para seu porte. Com a suspensão McPherson nas 4 rodas, alia bem a relação conforto/dirigibilidade, com maior foco no conforto, apesar das rodas de 19" prejudicarem um pouco em comparação com a versão Longitude e suas rodas de 18", por exemplo.

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

No trio, o Compass é o que passa mais a sensação de SUV. Com uma construção bastante rígida - e por isso seu peso elevado -, é perceptível ao volante, que tem baixo peso nas manobras, mas boa comunicação em velocidades mais altas. A posição de dirigir é característica de um SUV, alta, mesmo com a regulagem de altura do banco do motorista (elétrico na S) na posição mais baixa, bastante confortável e, mesmo assim, sem deixar as pernas naquela posição de "cadeirinha". 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

Em dimensões, o Jeep Compass é o menor do trio e praticamente empata em entre-eixos com o Toyota Corolla Cross. Tem porta-malas de 476 litros, menor que o do VW Taos, e o espaço no banco traseiro é bom, apesar de menor que seu oponente da VW. Tem bom espaço para as pernas, mas o assento traseiro é mais curto - em compensação, tem 2 tomadas USB e saída de ar-condicionado para os ocupantes. O terceiro ocupante terá a companhia de um túnel alto e o assento mais curto ainda.

Na hora da compra, o Jeep Compass S é o mais caro do trio, R$ 10.000 acima do Corolla Cross XRX, por exemplo, mas é o mais completo. Como destaque, sistema de som assinado pela Beats Audio, piloto automático adaptativo, alerta de colisão com frenagem automática, alerta de saída de faixa, alerta de ponto-cego, partida remota do motor, faróis full-LED, neblinas em LEDs, rodas de 19", porta-malas com acionamento elétrico, 7 airbags, Auto Hold, sistema de estacionamento automático, modo Sport, freio de estacionamento elétrico, teto-solar panorâmico e mais. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

Na comparação, o Jeep Compass S pode ser o mais caro do trio, mas devolve com mais equipamentos e pelo visual, com sua identidade própria. A suspensão segue bem equilibrada entre conforto e dirigibilidade e, pelo conjunto, dificilmente alguém tirará dele a liderança dos SUVs médios. 

Toyota Corolla Cross XRX Hybrid (R$ 188.590)

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

O Corolla Cross é o "ponto fora da curva" deste comparativo. No lugar de um motor turbo, adotou a motorização híbrida flex, seu principal diferencial dentro do segmento, e visualmente prefere apostar em linhas e ângulos ao invés dos traços tradicionais dos SUVs, mais quadrados. Ao mesmo tempo, é o mais barato entre os três.

Além disso, o Corolla Cross aposta na fama de seu nome e na confiabilidade da marca para atrair clientes. A plataforma é a mesma do sedã, a TNGA-C, e muita coisa é compartilhada com ele. Se por fora a identidade é própria para o SUV, por dentro usa praticamente todos os componentes que conhecemos do Corolla, como o painel de instrumentos com tela de 7", sistema multimídia com tela de 8" e diversos comandos e os bancos dianteiros. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

E isso não é ruim. Se apoiar em um modelo tradicionalmente conhecido pelo conforto e confiabilidade deu ao Corolla Cross um caminho mais tranquilo para vender bem em nosso mercado. Na comparação com Compass e Taos, o Toyota é o que tem o funcionamento mais suave, rodar mais macio e suspensão mais confortável, conversando com sua proposta principalmente nesta versão híbrida. 

O Corolla Cross também tem suas particularidades aos que irão dirigi-lo. A posição consegue ficar baixa na regulagem de altura do banco e, sem exageros, é praticamente a mesma do sedã. Os grandes bancos deixam tudo bem confortável e, nesta versão XRX Hybrid, o acabamento claro ajuda na sensação de espaço e de requinte. O acabamento, com peças bem encaixadas e de boa qualidade, fica no meio termo entre o Compass e o Taos, apesar do desenho bem conservador. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

O conjunto mecânico, composto pelo motor 1.8 aspirado, 2 motores elétricos e um câmbio transeixo, está longe de ser o mais rápido do comparativo. Em compensação, tem consumo urbano de 13 km/litro e 14 km/litro com etanol, médias que seus oponentes não conseguem nem com gasolina. Sim, são "apenas" 122 cv combinados, mas a força imediata dos motores elétricos empurram bem o Corolla Cross - só não mais que os SUVs turbo. 

A suspensão tem o acerto voltado ao conforto. Sim, é o único que não usa sistema independente na traseira, optando pelo eixo de torção, mas só será perceptível quando o colocar no limite e em velocidades mais altas. Seu limite de rolagem de carroceria e de aderência é menor que o do Compass e Taos, mas filtra mais o que passa no solo, a proposta de um carro de uso familiar - mas é o que tem a menor altura do solo. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

O espaço interno do Corolla Cross é outro ponto "OK" no comparativo. É parecido com o Jeep Compass, mas oferece bancos mais confortáveis, inclusive o traseiro, e o assento apoia melhor o corpo. Também tem saída de ar-condicionado na traseira e 2 portas USB. No porta-malas, a menor capacidade, com 440 litros, além de ser raso, apesar do tampão ser do tipo de enrolar, o que ajuda na hora do uso com objetos mais altos. 

O Corolla Cross XRX Hybrid é o mais barato do trio. Custa R$ 188.590 e tem equipamentos como o Toyota Safety Sense, com piloto automático adaptativo, alerta de saída de faixa, alerta de colisão com frenagem automática e alerta de ponto cego. O sistema multimídia tem tela de 8", com espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto - o menor do comparativo e o único sem o sistema sem fios. Nas ausência, apesar de ter o teto-solar, não é do tipo panorâmico, como Compass e Taos. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

Ainda na lista de equipamentos, os faróis full-LED com neblinas também em LEDs, 7 airbags, farol-alto automático, rodas de 18" e chave presencial o deixam na mesma tocada de seus oponentes. É bem equipado, apesar de dever itens, além de ser o único a não ter freio de estacionamento eletrônico, apelando a um antigo e defasado pedal para seu acionamento. 

E como dito no começo, o Corolla Cross realmente é o ponto fora da curva do comparativo. Tem suas qualidades e deve ser a procura de um cliente mais tradicional ou que se interessa pelo consumo de um modelo híbrido sem abrir mão do espaço interno e acabamento, além do nome Toyota e Corolla no pacote. 

VW Taos Launch Edition (R$ 192.470)

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

O VW Taos tirou o sono deste que escreve. Afinal, como "uma estrela", enquanto seus oponentes já descansavam em nossa garagem, ele demorou alguns dias a mais que o previsto e apareceu pouco tempo antes das fotos. Mas essa espera valeu a pena, já que é uma das sensações do momento e, depois de alguns contatos em locais fechados, finalmente nos encontramos para ver a real nas ruas e na pista de testes.

Apesar do design um pouco diferente, o Taos não nega que é um SUV da VW. Pelas linhas laterais e pela traseira, remete aos irmãos maiores, como o Tiguan Allspace, e menores, como o T-Cross. As linhas conservadoras características da montadora alemã até tentam serem quebradas pela dianteira com o X em preto e a grande grade, capô com vincos e os faróis destacados, mas ainda é menos "diferentão" que Corolla Cross e Compass. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

Por dentro, o Taos é uma mistura de sentimentos. Não impacta com o acabamento como o Compass, tem elementos conhecidos do Jetta como os comandos do ar-condicionado de duas zonas, o volante conhecido do Nivus, painel de instrumentos 100% digital e o VW Play como sistema multimídia com sua tela de 10" e funcionalidade parecida com a de um tablet, com apps próprios. Tem até LEDs com cores selecionáveis, como no Jetta. 

O acabamento é melhor que o do T-Cross, por exemplo, mas ainda temos bastante plástico rígido misturado com tecidos e cores. No console central, perto da alavanca do câmbio, o freio de estacionamento eletrônico e a própria alavanca, vinda do T-Cross. Os bancos são a boa surpresa, com bom conforto e segura do corpo, mas o material do acabamento poderia ter um toque mais refinado, como no Corolla Cross. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

O Taos é mais um produto da plataforma MQB, inclusive com o mesmo entre-eixos de 2,68 m do Jetta. Mesmo sendo menos potente e com menos torque que o Compass, o 1.4 turbo tem menos peso para carregar e isso fica bastante evidente no uso, desenvolvendo velocidade com mais facilidade no dia a dia - e é o único deles com modos de condução Eco, Normal e Sport, além do Individual. Corolla Cross tem Eco e Sport, mas focado no eletrificação. 

No dia a dia, o Taos é mais ágil que o Compass. Responde mais rápido aos comandos do acelerador, as trocas de marchas são mais rápidas (apesar de ambos terem o mesmo fornecedor, a Aisin) e o conjunto de suspensão e direção é mais firme e direto, como esperado de um modelo com engenharia da marca alemã, sem sacrificar o conforto a ponto de ser perceptível aos demais ocupantes. 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

Aliás, é no Taos que os demais ocupantes encontrarão melhores acomodações. No banco traseiro, o melhor espaço para as pernas no maior entre-eixos do trio e o melhor porta-malas, se aproximando dos 500 litros. Há saídas de ar-condicionado para os ocupantes e um banco bastante confortável até mesmo para os mais altos. Na dianteira, a regulagem de altura permite desde uma condução baixa até mais alta, como um SUV. 

E o mais esperado: na pista de testes. Basta olhar a tabela de testes e ver que a diferença do Taos para o Compass foi praticamente nula em todas as acelerações e retomadas, mas com uma bela vantagem na frenagem. No consumo, apesar do mesmo número na cidade, foi um pouco melhor na estrada justamente por ser mais leve que o líder do segmento. Além disso, é o que melhor contorna curvas e o mais responsivo da turma na hora da direção mais "animada". 

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

O que poderia melhorar? Mesmo nesta versão mais completa, não tem alerta de saída de faixa ou tampa do porta-malas elétrica, mas tem alerta de colisão com frenagem automática, a frenagem pós-colisão e o diferencial com blocante eletrônico, que ajuda bastante nas curvas, além dos faróis inteligante IQ Light, com direito a grade dianteira iluminada, polêmica, mas que ao vivo agrada mais que pelas fotos.

O Taos só não é a estrela do comparativo pelo acabamento mais simples que o do Compass, mas agrada mais ao volante e, mesmo com menos potência, não deixa o Jeep longe com seus 185 cv e 27,5 kgfm de torque, algo que merece respeito e que surpreendeu a quem dizia que o 1.4 turbo "seria pequeno". 

Conclusão

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition

O Corolla Cross XRX Hybrid é, definitivamente, o que vai mais se afastar dessa briga nas lojas. Oferece o conjunto híbrido e atende um público mais conservador com a alma do sedã e o estilo de SUV, além de ser R$ 10.000 mais barato. Isso não significa que será o mais vendido, mas é como se seu cliente não fosse olhar para a dupla Taos e Compass, nem ao contrário. É um bom SUV médio, mas com uma proposta particular. 

Como se diz no popular, "o pau comeu" entre VW Taos e Jeep Compass. Se o Volkswagen tivesse sido apresentado antes do Jeep ser reestilizado ainda com seu 2.0 aspirado, teria se destacado mais no comparativo, mas bateu de frente com o líder dando um salto em acabamento, equipamentos e desempenho. O Jeep Compass S é o vencedor do comparativo com uma margem muito, mas muito pequena em relação ao VW Taos, que ficou devendo acabamento e alguns itens, apesar do maior espaço interno e desempenho similar. Nas lojas, esta briga de foice deverá se repetir nos números de vendas. 

Agradecimento ao BOX54 pelo espaço. Para saber mais, acesse www.box54.com.br ou www.instagram.com/box54garage 

Fotos: Mario Villaescusa (para o Motor1.com)

Fichas técnicas

  Jeep Compass S 1.3T Toyota Corolla Cross XRX Hybrid 1.8 Volkswagen Taos Highline 1.4T
MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16 válvulas, 1.332 cm3, comando simples com variador no escape e MultiAir na admissão, injeção direta, turbo, flex dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16 válvulas, 1.798 cm3, duplo comando com variador na admissão, flex + 2 motores elétricos dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16 válvulas, 1.395 cm3, duplo comando de válvulas com variador na admissão e escape, injeção direta, turbo, flex
POTÊNCIA/TORQUE 180/185 cv @ 5.750 rpm; 27,5 kgfm @ 1.750 rpm

combustão: 98/101 cv @ 5.200 rpm/ 14,5 kgfm @ 3.600 rpm; elétricos: 72 cv e 16,6 kgfm; combinados: 122 cv

150 cv @ 5.000 rpm; 25,5 kgfm @ 1.500 rpm
TRANSMISSÃO câmbio automático de 6 marchas, tração dianteira transeixo com CVT, tração dianteira câmbio automático de 6 marchas, tração dianteira
SUSPENSÃO McPherson na dianteira e traseira McPherson dianteira e eixo de torção na traseira McPherson na dianteira e multilink na traseira
RODAS E PNEUS  liga-leve aro 19" com pneus 235/45 R19 liga leve aro 18" com pneus 225/50 R18 liga leve de aro 18" com pneus 215/55 R18
FREIOS discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira
PESO 1.589 kg em ordem de marcha 1.450 kg em ordem de marcha 1.420 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.404 mm, largura 1.819 mm, altura 1.625 mm, entre-eixos 2.636 mm comprimento 4.460 mm, largura 1.825 mm, altura 1.620 mm, entre-eixos 2.640 mm comprimento 4.461 mm, largura 1.841 mm, altura 1.626 mm, entre-eixos 2.680 mm
CAPACIDADES tanque 60 litros, porta-malas 476 litros

tanque 36 litros, porta-malas 440 litros

tanque 51 litros, porta-malas 498 litros
PREÇO R$ 198.990 R$ 188.590 R$ 192.470
MEDIÇÕES MOTOR1 BR (combustível: etanol)
    Jeep Compass 1.3T Toyota Corolla Cross Hybrid VW Taos 1.4T
  Aceleração      
  0 a 60 km/h 4,1 s 5,1 s 4,3 s
  0 a 80 km/h 6,2 s 8,1 s

6,5 s

  0 a 100 km/h

9,1 s

12,1 s 9,3 s
  Retomada      
  40 a 100 km/h em S 6,9 s 10,5 s 7,1 s 
  80 a 120 km/h em S 6,6 s 10,4 s  6,9 s 
  Frenagem      
  100 km/h a 0

41,8 m

39,0 m  37,9 m 
  80 km/h a 0 26,5 m 26,0 m  24,1 m 
  60 km/h a 0 14,8 m 14,8 m  13,5 m
  Consumo      
  Ciclo cidade 8,0 km/l 13,0 km/l 8,0 km/l 
  Ciclo estrada 9,1 km/l 14,0 km/l

9,6 km/l 

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com