Uma das últimas novidades da Caoa Chery para o Brasil foi o Tiggo 8, lançado em agosto do ano passado. Enquanto isso, na China, a marca fez uma aposta diferente, criando o Tiggo 8 Plus, que atua como uma opção mais refinada ao crossover de 7 lugares, porém sem invadir o espaço da marca de luxo Exeed. E, curiosamente, esta versão do SUV médio apareceu no registro de desenhos industriais no Brasil.

O Chery Tiggo 8 Plus traz alguns avanços em relação ao Tiggo 8 que temos por aqui, seguindo a identidade visual batizada como Life in Motion 3.0. Troca a enorme grade frontal por uma hexagonal e sem a barra horizontal que atravessa toda a dianteira. Os faróis também utilizam outro formato e se afastam da entrada de ar, com ângulos retos. Logo abaixo está uma barra iluminada, ao invés de usar quatro pontos retangulares (em um estilo semelhante ao da Porsche).

Galeria: Chery Tiggo 8 Plus - Registro no Brasil

A traseira também muda bastante. As lanternas são consideravelmente maiores, mas sem chegar perto do logo na tampa do porta-malas e sem invadir demais a lateral do veículo. Falando nele, o logotipo da Chery nem aparece aqui, com o nome da marca escrito por extenso na traseira. A placa de identificação fica no meio da tampa, o que permitiu que o para-choque fosse redesenhado, com elementos reflexivos afinados.

Do lado de dentro, o crossover mudou ainda mais. Ainda usa ângulos retos em suas linhas, mas troca o acabamento e a posição de de diversos itens, de forma a parecer outro veículo. Por exemplo, as saídas do ar-condicionado estão mais finas e integradas a uma peça horizontal que percorre o console. A alavanca de câmbio é a mesma, porém fica no centro, logo depois de uma tela sensível ao toque que concentra os comandos do ar-condicionado.

Galeria: Chery Tiggo 8 Plus

Outros elementos que chamam a atenção são a multimídia e o painel de instrumentos. Neste caso, a Chery se inspirou no MBUX da Mercedes-Benz, adotando uma peça única que aparenta ser um display só, mas que na verdade é separado em duas telas, com um total de 24,6”. A lista de equipamentos é bem completa e inclui ventilação para todos os assentos controlada individualmente, 9 airbags, sistema de som premium da Sony e até um smartwatch que serve de chave e conta com algumas funções do carro.

São duas motorizações: 1.6 turbo de 197 cv e 29,6 kgfm de torque, sempre ligada a uma transmissão automatizada de dupla embreagem e 7 marchas; e 1.5 turbo de 156 cv e 23,4 kgfm, que utiliza um sistema híbrido-leve de 48V e uma caixa automática do tipo CVT.

Apesar do registro do Tiggo 8 Plus, seu lançamento no Brasil é pouco provável. O Tiggo 8 normal já tem posicionamento de carro de luxo dentro da Caoa Chery, sendo chamado assim nas peças publicitárias. Além do mais, a empresa prepara a chegada da submarca Exeed, criada para oferecer variantes ainda mais refinadas para os carros da empresa e, entre eles, está a sua própria versão do Tiggo 8, chamada TXL.

Ouça nosso podcast

 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com