Novidade será lançada em 2024 com a missão de “abrir novos horizontes para a marca”

Depois de mais de 40 anos produzido com a mesma carroceria e sem mudanças significativas, o mais clássico dos carros da Rússia finalmente ganhará uma geração totalmente nova. Trata-se do Lada Niva, que teve confirmada nesta nesta quinta-feira (14) a chegada, por volta de 2024, de uma linha completamente reformulada. Detalhes ainda são limitados, mas o teaser divulgado adianta que o design será retrô e diretamente inspirado no modelo original.

As expectativas em torno do lançamento são altas, não só pelo modelo em si como também pela marca Lada como um todo. A ideia é que o novo Niva seja capaz de “abrir novos horizontes para a marca”, ajudando-a a expandir-se para fora do mercado russo. Além do SUV, mais três novos modelos serão lançados até 2025. Todos são parte da estratégia de tornar a marca mais competitiva e global.

Galeria: Lada 4x4 2020 (Niva)

Não à toa, a Lada ficará mais integrada à Dacia, de modo a estreitar relações e passar a trocar mais experiências - ambas, vale lembrar, controladas pelo grupo Renault. Um dos pilares dessa integração será o compartilhamento de plataformas, especialmente a base CMF-B. Já usada por modelos Renault e Dacia (como os novos Logan e Sandero), a base também servirá aos próximos lançamentos da Lada, incluindo o novo Niva.

Voltando ao SUV, o visual será inspirado no modelo original lançado em 1977, mas carregado de elementos modernos como luzes diurnas de LED e apliques texturizados. Resta saber como ficará o posicionamento no mercado, já que a Lada oferece dois modelos com o nome Niva na Rússia: o legítimo, vendido como Niva Legend, e outro mais novo, chamado Niva Travel - recentemente reestilizado e resultado de uma antiga parceria com a Chevrolet.

Em 2025, a Lada planeja lançar mais um SUV, maior que o Niva e posicionado no segmento C. Provavelmente será derivado do recém-anunciado Dacia Bigster, que chegará ao mercado para ficar acima do Duster.

Fotos: Divulgação