Nova geração adota nova plataforma e mais equipamentos de segurança. Chegada ao Brasil é esperada para 2022

Agora por completo, estes são os novos Sandero, Logan e Stepway 2021. No início do mês, a Dacia, divisão romena da Renault, revelou algumas imagens da nova geração dos três modelos, após quase um mês, finalmente divulga todos os detalhes da família inteira.

Desenvolvidos inicialmente pela Dacia e depois adaptados pela Renault para diversos mercados, inclusive o Brasil, a marca manteve a receita do Renault Sandero que tem dado certo há 15 anos na Europa como uma opção de baixo custo. No entanto, desta vez ficou mais refinado com o uso de uma nova plataforma e mais tecnologias, além de motores turbo, mas continuam com a sua principal proposta: serem modelos mais baratos da Europa.

Galeria: Dacia Sandero 2020

A Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi está, aos poucos, adotando a plataforma modular CMF em todos os seus carros. No caso dos modelos pequenos, a base é a versão CMF-B, já usada pelo novo Clio. Para manter a proposta de preços mais acessíveis, a Dacia optou por usar uma variante de baixo custo da CMF-B.

Novo Sandero 2021

Mesmo com a adoção da nova plataforma, os novos Sandero e Stepway continuam com 4,08 metros de comprimento, enquanto a largura é de 1,85 m. A altura foi reduzida em 1 centímetro, agora com 1,50 m. O teto ainda foi rebaixado em alguns milímetros para melhorar a aerodinâmica e assim reduzir a emissão de CO2 em alguns gramas.

Com mais tecnologia e uma carroceria mais robusta, o peso total aumentou. A Dacia informa que o novo Sandero pesa cerca de 40 kg a mais que a geração anterior, o que faz com que seu peso oscile entre 1.150 kg e 1.300 kg, dependendo da versão, motorização e opcionais escolhidos.

O resultado final do estilo são suficientes para que o Sandero pareça mais dinâmico, principalmente pelo novo design da parte dianteira que usa uma assinatura em "Y" para a iluminação diurna em LED, o que nos lembra muito a geração antiga do Audi A6. As lanternas menores ajudam a deixar a parte traseira com uma aparência de ser maior, embora também nos remeta a outros modelos, como o VW Polo.

Nouvelle Dacia Sandero (2020)
Nouvelle Dacia Sandero (2020)

Novo Stepway 2021

O aventureiro Stepway continuará a ser oferecido e seguiu muito do que foi aplicado no Sandero, já que é baseado no hatchback. O capô é específico para ele, com vincos a mais, as caixas de roda são maiores com cobertura plástica e a altura em relação ao solo é de 17,4 centímetros (contra os 13,3 cm do Sandero). A grade também é específica, com um acabamento interno diferente.

Nouveau Dacia Sandero Stepway (2020)
Nouveau Dacia Sandero Stepway (2020)

O novo Sandero Stepway também recebe, pela primeira vez na Europa, rack modular no teto. Uma chave guardada no porta-luvas permite destravar as barras para mudar sua posição, entre horizontal ou vertical. Elas tem uma capacidade de carga de 80 kg.

Nouveau Dacia Sandero Stepway (2020)
Nouveau Dacia Sandero Stepway (2020)

Novo Logan 2021

Se a primeira revelação foi apenas por uma imagem, agora vemos o novo Logan por completo e por todos os ângulos. Em seu visual, a grade dianteira e os faróis são iguais ao do Sandero.

O sedã foi o que mais se beneficiou da nova plataforma, ficando 3,6 cm mais comprido para medir 4.396 m. A Dacia diz que o entre-eixos foi alongado (sem revelar para quanto), enquanto os balanços foram reduzidos. Sua altura em relação ao solo é de 135 mm, enquanto o porta-malas tem capacidade para 528 litros.

Galeria: Dacia Logan 2020

Interior, acabamento e equipamentos do novo Sandero e Logan 2021

Por dentro, a primeira coisa que notamos quando vimos os carros é que a Dacia teve que fazer algumas escolhas para manter o preço bem baixo. Por exemplo, as versões mais básicas virão sem rádio, usando um smartphone como central multimídia. Por outro lado, as variantes mais caras trarão itens como teto-solar (opcional), freio de estacionamento eletrônico, direção elétrica, seis airbags e até alguns sistemas de segurança, com frenagem automática de emergência, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré e detector de ponto cego.

Apesar dos esforços da Dacia ao equipar o Sandero com mais dois airbags e mais itens de segurança, ele não irá obter cinco estrelas no teste do Euro NCAP, algo que foi confirmado pelos executivos durante a apresentação do carro.

Os engenheiros trabalharam para melhorar o conforto à bordo, aumentando o espaço para ombros. A área para joelhos ficou 4,2 cm maior do que antes. Ainda há 21 litros de espaço entre os porta-objetos no interior, o que é 2,5 litros a mais. Já o porta-malas cresceu 8 litros e agora tem 328 litros de capacidade sem rebater os bancos.

Nouveau Dacia Sandero Stepway (2020)

Nós mencionamos acima um pouco sobre a multimídia do carro. A Dacia optou por dar duas opções. A primeira é algo chamado "Media Control", que nada mais é do que um dock para smartphone onde deveria estar a tela, com uma porta USB por perto. É algo semelhante ao que a Fiat fez com o Live On ou a Volkswagen com o Maps and More. O aplicativo "Dacia Media Control" é gratuito e funciona como se fosse uma multimídia, contando até com uma integração com o volante multifuncional do carro.

Claro, as versões mais equipadas oferecem algo melhor, na forma do "Media Display", uma multimídia de verdade com tela de 8" compatível com Android Auto e Apple CarPlay. No topo da gama está o "Media Nav", com as mesmas especificações, só que trazendo navegador por GPS integrado e conexão sem fio para Android Auto e Apple CarPlay.

Nouvelle Dacia Sandero (2020)

Motores e transmissão

Na parte mecânica, uma das surpresas do Sandero e do Logan é que eles abandonaram a motorização diesel para a Europa. A opção básica é o 1.0 SCe aspirado de três cilindros, disponível tanto pro hatch quanto para o sedã, com 65 cv (o Stepway não terá este motor) e sempre com o câmbio manual de 5 marchas. As versões mais caras terão o 0.9 TCe, um motor turbo também de três cilindros que gera 90 cv, disponível com câmbio manual de 6 marchas ou automático do tipo CVT. Também contará com um 1.0 TCe de 100 cv, este trabalhando tanto com gasolina quanto com GLP (gás liquefeito de petróleo). Todos contam com start-stop de série.

As novas gerações do Renault Sandero, Logan e Stepway chegarão à Europa no final do ano pelas mãos da Dacia em regime de pré-venda. As primeiras entregas estão previstas para acontecer entre o fim deste ano e o começo de 2021. Os preços ainda não foram divulgados, mas espera-se que custe menos que 9 mil euros (cerca de R$ 59 mil) na versão mais básica. No Brasil, a previsão de chegada é para 2022, quando a Renault irá começar a trabalhar com a plataforma CMF-B no país, que será adotada também pela Nissan.