Picape e SUV reestilizados vão estrear simultaneamente na Argentina e no Brasil

A Toyota acaba de anunciar na Argentina investimentos de US$ 50 milhões na fábrica de Zárate, na província de Buenos Aires. O montante será aplicado na modernização da unidade, que começa a fabricar os Hilux e SW4 2021 para lançamento no próximo dia 17 (com apresentação simultânea para Argentina e Brasil). Ambos chegarão ao mercado com equipamentos inéditos e importantes mudanças mecânicas - além da já revelada renovação visual.

Entre as novidades, destaque para nova central multimídia compatível com Android Auto e Apple CarPlay (disponível em todas as versões) e diferencial auto-blocante a partir da versão SRV (na Hilux) e SR (no SW4). No caso da versão topo de linha SRX, haverá ainda o pacote Toyota Safety Sense, que inclui sistema de pré-colisão frontal com alerta e frenagem automática de emergência, controle de cruzeiro adaptativo e alerta de saída de faixa.

Galeria: Toyota Hilux 2021 e SW4 2021 - Apresentação vazada

Mecanicamente, o destaque ficará por conta do motor 2.8 turbodiesel reprogramado para entregar 204 cv e 51 kgfm de torque, o que representa ganhos de 27 cv e 5,1 kgfm de força sobre o motor atual (177 cv e 45,9 kgfm). A mudança finalmente colocará a Hilux 2021 em pé de igualdade com as rivais Chevrolet S10 e Ford Ranger, com pelo menos 200 cv.

Outra melhoria importante diz respeito à estabilidade. Segundo a Toyota, foram promovidos aprimoramentos na suspensão, incluindo novos ajustes para os amortecedores, novas buchas e design otimizado para as molas. As novidades valem também para o Brasil, onde a picape e o SUV deverão chegar às lojas em dezembro.