Variante intermediária tem motor 2.0 turbo e será apresentada oficialmente em novembro

É comum fabricantes testarem seus modelos, principalmente os esportivos, no famoso circuito de Nürburgring, na Alemanha. E a BMW tem utilizado bastante a pista para o desenvolvimento de versões apimentadas, como a nova 128ti, que ficará posicionada entre a 118i e a esportiva M135i xDrive. 

Por enquanto, a BMW divulgou apenas algumas informações e fotos do 128ti com detalhes escondidos por adesivos. O que se sabe que ele usa o motor 2.0 turbo, o mesmo do M135i, mas amansado para 265 cv no lugar dos 306 cv. A tração é apenas dianteira (sabemos que muita gente reclamará disso nos comentários abaixo) e conta com um diferencial de deslizamento limitado (LSD) tipo Torsen junto ao câmbio automático de 8 marchas. 

BMW 128ti (2020)
BMW 128ti (2020)

A suspensão é assinada pela divisão M, sendo 10 mm mais baixa e calibrada especificamente para o 128ti, além de adotar o sistema de controle BMW Performance Control, que trabalha nos amortecedores adaptativos, no sistema de direção elétrica e até mesmo nos freios. Do M135i vieram as barras estabilizadoras, barras anti-torção e o sistema de freios. Como opcional sem custos, os pneus podem ser trocados por modelos mais esportivos. 

Segundo a BMW, o 128ti é cerca de 80 kg mais leve que o M135i pela ausência do sistema de tração integral, com aceleração de 0 a 100 km/h feita em 6,1 segundos. Começa a ser vendido na Alemanha em novembro. Para o Brasil, podemos esperar como opção intermediária entre o 118i e o M135i xDrive, com preço certamente acima dos R$ 200 mil, para 2021.

Fotos: divulgação 

Galeria: BMW 128ti