Mesmo com um 2020 conturbado, importante modelo segue em desenvolvimento

Em um ano turbulento como 2020, está sendo comum ouvir sobre projetos de novos modelos ou novas gerações que foram adiados ou, em alguns casos, cancelados. Mas a Kia segue firme e forte com sua picape média e, ao que tudo indica, ela pode dar as caras já no próximo ano ou, no mais tardar, em 2022 - enquanto isso, sua irmã Hyundai ainda não deu 100% de certeza sobre esse modelo, maior que a Santa Cruz derivada do Tucson. 

A informação vem do chefe de planejamento de produtos da Kia Austrália, Roland Rivero, que confirmou que o projeto da picape para concorrer com Toyota Hilux e Ford Ranger no mercado local segue como uma das prioridades da empresa, inclusive com a possibilidade de as primeiras unidades serem testadas no próximo ano, indicando que a picape deve ser apresentada entre o fim de 2021 e 2022 ao menos na Austrália - um mercado forte quando falamos em picapes médias, onde o modelo mais vendido é a Hilux.

A Hyundai está trabalhando em um modelo menor, a Santa Cruz, que será vendida principalmente nos Estados Unidos, mas será um modelo na estrutura monobloco e de porte próximo ao que conhecemos na Fiat Toro no Brasil. Damien Meredith, CEO da Kia na Austrália, chegou a falar em julho de 2019 que já estavam trabalhando na picape média, mas depois se manteve em silêncio. 

A picape média da Kia deve usar o motor 2.2 turbodiesel que equipa o SUV Sorento, com 201 cv e preparado para cerca de 51 kgfm de torque para ter uma capacidade de reboque e de carga alinhados com os principais concorrentes do segmento. A projeção mostrada acima é do Avarvarii, que mostrou todo o processo em seu canal no YouTube